Série C: João Brigatti cobra humildade, mas não abre mão de ter Sampaio Corrêa guerreiro

Após vantagem importante trazida de Aracaju, Bolívia Querida pode perder por até um gol de diferença para ir à final

por Agência Futebol Interior

Sampaio Corrêa, MA, 19 (AFI) - O Sampaio Corrêa está a um passo da final da Série C do Campeonato Brasileiro.

Após vitória por 2 a 0 em cima do Confiança em Aracaju, João Brigatti tem trabalhado o lado emocional dos jogadores neste semana. O treinador se mostra ciente de que qualquer vacilo no Castelão pode deixar escapar o terceiro e último objetivo da temporada, justamente alcançar o título da terceira divisão.

"Fizemos grande jogo e construímos boa vantagem. Apesar disso, não podemos nos acomodar e pensar que já estamos na final. Vamos enfrentar uma grande equipe. O Confiança alcançou o acesso com todos os méritos, assim como nós. Até por isso estamos trabalhando forte durante a semana para que tudo possa ser favorável a nós", disse o treinador.

João Brigatti pede humildade para Sampaio Corrêa alcançar a final da Série C
João Brigatti pede humildade para Sampaio Corrêa alcançar a final da Série C
A última vez que o Bolívia Querida disputou a taça da Série C foi em 2013, quando ficou com o vice-campeonato - na ocasião, empatou em casa com o Santa Cruz e foi derrotado em Recife.
Com mais 90 minutos pela frente para retornar à decisão, a ordem no clube - tanto do presidente Sérgio Frota quanto da comissão técnica - é manter a concentração para o time seguir firme na luta pelo caneco.
"O Sampaio tem uma grande história. Os torcedores são apaixonados, e o presidente é extraordinário. A comissão e os atletas sabem da importância de se chegar à final. Para isso acontecer, é fundamental manter esse espírito de humildade e de uma equipe guerreira. Vamos continuar com nossa batalha em busca de mais um objetivo", pontuou Brigatti.
O duelo de volta está agendado para o próximo sábado, 21, a partir das 17h, no Estádio Castelão.