Série C: João Brigatti vence a segunda consecutiva e segue invicto no Sampaio Corrêa

Treinador assumiu vaga de Julinho Camargo e consolida ascensão boliviana com vaga no G4

por Agência Futebol Interior

São Luís, MA, 15 (AFI) - O Sampaio Corrêa venceu mais uma na Série C do Campeonato Brasileiro e chegou ao terceiro jogo de invencibilidade sob comando de João Brigatti.

O Bolívia Querida superou o Globo, na briga contra a zona de rebaixamento, por 2 a 0, no Estádio Castelão e assegurou a terceira colocação do Grupo A, com 21 pontos.

O resultado em casa ratifica a reabilitação do time maranhense no torneio nacional. Com o novo treinador, desde a demissão de Julinho Camargo, são duas vitórias e um empate, resultados que devolveram o Tubarão ao G4.

"Série C é isso: dedicação, entrega e garra. Os jogadores sabem de suas qualidades e isso faz diferença em um jogo nessa divisão. Foi justamente o que fizemos, principalmente no segundo tempo. Antes do intervalo, o time rendeu abaixo, mas depois o desempenho fez por merecer o resultado", analisou o técnico.

DECISIVO

No segundo tempo do duelo em São Luís, entrou o dedo de João Brigatti, que voltou do vestiário com João Paulo na vaga de Wélder. Ainda durante o confronto, o ex-goleiro colocou Ullisses no lugar de Salatiel e Eloir em Ferreira.

João Brigatti mantém invencibilidade no comando do Sampaio Corrêa: sete pontos em nove possíveis - Lucas Almeida
João Brigatti mantém invencibilidade no comando do Sampaio Corrêa: sete pontos em nove possíveis

As mudanças surtiram efeito, pois o primeiro gol maranhense, anotado pelo meia Rodrigo Andrade, nasceu de uma jogada envolvendo dois dos atletas escolhidos pelo treiandor.

"Fiz as trocas em busca da vitória. Dominamos o jogo, mas tem de fazer o gol. Construímos a vantagem com a força do coletivo. Todos atletas estão de parabéns pela entrega. Vamos manter essa pegada para permanecer no G4 e brigar pela ponta da classificação", projetou Brigatti.

E AGORA?

Agora na briga pela liderança, o Sampaio Corrêa volta a campo na próxima quinta-feira, 18, quando enfrenta o Santa Cruz, novamente no Castelão, às 20h.

Os maranhenses somam o mesmo número de pontos do Confiança, segundo colocado, mas com desvantagem no saldo de gols: 3 a 1.