Sampaio Corrêa-MA 0 x 0 Mixto-MT - Melhor time da competição, Sampaio está na Série C!

Tricolor conquista o acesso para Série C de 2013, ao empatar por 0 a 0

por Agência Futebol Interior

São Luis, MA, 23 (AFI) - Rebaixado em 2009, o Sampaio Correa conquistou o acesso para o Campeonato Brasileiro da Série C. Na tarde deste domingo, no Estádio Castelão, em São Luis, ficou no empate por 0 a 0, com o Mixto e confimou sua vaga na terceira divisão nacional. O acesso aconteceu graças ao primeiro jogo, já que no Mato Grosso ficaram no empate por 1 a 1.

O acesso do Sampaio foi mais do que merecido. Em 11 jogos, venceu nove e empatou dois. Disputou 33 pontos e conquistou 29, e conta com um aproveitamento de 87.8%. O time marcou 52 gols e sofreu apenas seis. Já o Mixto tentará disputar a competição nacional no ano que vem, caso conquiste a vaga no estadual.

Os torcedores do Maranhão também comemoram o acesso do Sampaio. Como foi vice-campeão, o time tem a vaga na Série D de 2013. Na semifinal, o Tricolor enfrenta o Baraúnas, no Rio Grande do Norte e depois define em São Luis, no dia 06 de outubro, a vaga para final da competição. Mais de 30 mil torcedores estiveram no Estádio acompanhdo o acesso.

Só deu Sampaio!
Jogando em casa, o Sampaio, mesmo jogando pelo empate por 0 a 0 para conquistar o acesso, começou o jogo com tudo no campo de ataque e pressionava de todos os lados, buscando o primeiro gol. Logo aos oito, Célio Codó bateu da entrada da área, para uma boa defesa de Perereca. Em seguida, Pimentinha teve a chance e também perdeu a oportunidade.

Aos 13, após linda jogada de Arlindo Maracanã, ele cruzou na cabeça de Codó, que testou rente a trave do Mixto. Os matogrossenses não conseguiam sair do campo de defesa e a pressão do time da casa era muito forte. Mas, o dia era do goleiro Perereca, que numa tarde muito inspirada, defendia todas as jogadas de ataque do Tricolor.

No final, o Sampaio seguiu tentando, mas desta vez, com chutes de fora da área, mas com pouca pontaria, quase não acertava o gol de Perereca. Já o Mixto desceu para o intervalo afirmando que mudaria a postura para o segundo tempo.

Pressão!
O Sampaio voltou ainda melhor para o segundo tempo e passou a pressionar de todos os lados. Logo aos 16, Célio Codó fez jogada individual e rolou para Robinho, que bateu por cima do gol de Perereca, perdendo uma chance incrível. O Mixto não conseguia passar do meio-campo e a pressão era muito forte do time da casa.

Aos 25 minutos, mais uma chance incrível desperdiçada pelo Sampaio. Pimentinha lançou para codó, que livre, invadiu a área, mas na hora do chute, ele bateu para fora. A pressão era forte, mas o gol não saia e a cada minuto que passava, os torcedores cantavam mais forte, já que o time ficava mais perto do acesso.

O Mixto teve uma boa chance aos 30 minutos. Furlan recebeu na entrada da área e soltou um petardo, para uma linda defesa de Rodrigo Ramos. A resposta do time da casa foi aos 37. Pimentinha cruzou para Cleitinho, que livre, soltou um petardo, na zaga do Mixto, no rebote, livre, Júnior Chicão acertou a trave de Perereca.

No final, o Mixto se lançou para o campo de ataque e pressionou de todos os lados querendo o gol do acesso. A melhor chance foi num cruzamento de Cal, que subiu sozinho e testou rente a trave de Rodrigo Ramos.

Ficha Técnica

Fase
Quartas de final
Rodada
2ª rodada
Data
23/09/2012
Horário
17h00
Local
Estádio Castelão, em - São Luís (MA)
Árbitro
Anderson Daronco-RS

Assistentes
Jose Javel Silveira-RS e Carlos Henrique Selbach-RS

Público
30.863 pagantes
Sampaio Corrêa-MA
Rodrigo Ramos;
Roniery, Mimica, Robinho e Deca;
Arlindo Maracanã, Robson Simplício, Eloir (Dudu) e Cleitinho;
Célio Codó (Júnior Chicão) e Pimentinha
Técnico: Flávio Araújo
Mixto-MT
Perereca;
Cris, Kal e Ley;
Julian, Cleber, Kiko e Paulo Almeida;
Igor (Robinho), Furlan e Nonato (Juliano César)
Técnico: Everton Goiano