Técnico do Rondoniense revela abandono de presidente e dificuldade com alimentação

Luciano Mattos afirma que Dinei Martis deixou atletas e comissão técnica desamparados após paralisação do Estadual

por Agência Futebol Interior

Porto Velho, RO, 24 (AFI) - O técnico Luciano Mattos, do Rondoniense Social Clube, relatou, na segunda-feira, situação de abandono no clube por parte do presidente Dinei Martins, que, segundo o treinador, deixou comissão técnica e jogadores em situação de dificuldades até para se alimentarem.

"O presidente (Dinei Martins) que nos abandonou, o Tadeu (fundador do clube) que deu um dinheiro para a gente comer e o seu Luís Simplício, do futebol feminino e que cuida do CT, deu algo para a gente comer, onde almoçamos e jantamos lá hoje (segunda-feira). O Alisson (Albino, gerente de futebol) infelizmente também está a quatro meses sem receber e estourou o cartão dele ajudando a gente", revelou Luciano Mattos ao site Futebol do Norte.

Rondoniense está com atividades paralisadas por pandemia do Covid-19 (Foto: Divulgação)
Rondoniense está com atividades paralisadas por pandemia do Covid-19 (Foto: Divulgação)

O Campeonato Rondoniense está paralisado desde a última terça-feira (17), por conta da pandemia do novo coronavírus no Brasil. Atletas de outros estados ainda permanecem em Rondônia à espera de uma definição da diretoria para saber quando poderão retornar às suas casas.

Enquanto isso não acontece, os jogadores se mantêm através de doações. O técnico disse que pessoas fora do clube têm feito doações de cestas básicas para que atletas e comissão técnica consigam fazer as refeições diárias.