Há 13 anos, Rio Preto se despedia da elite do Campeonato Paulista

Foi a primeira participação na história do Verdão da Vila Universitária na elite do futebol paulista

por Agência Futebol Interior

São José do Rio Preto, SP, 06 (AFI) - Apesar de não ser uma boa lembrança para o torcedor rio-pretense, hoje, dia 6 de abril, fazem exatamente 13 anos em que o Rio Preto pisou no gramado do Brinco de Ouro para encarar o Guarani, pela 19ª e última rodada, na sua despedida do Campeonato Paulista da Série A1.

Foi a primeira participação na história do Verdão da Vila Universitária na elite do futebol paulista, no qual foi rebaixado para a Série A2. Na oportunidade, o time esmeraldino era comandado pelo técnico José Carlos Serrão. O resultado final foi 2 a 0 para o time bugrino, com os gols assinalados através de Henrique e Robinho, um a cada etapa de jogo.
A partida aconteceu no dia 6 de abril de 2008, no Brinco de Ouro
A partida aconteceu no dia 6 de abril de 2008, no Brinco de Ouro
O JOGO E CAMPANHA

Mesmo com o réves, o time rio-pretense fez um bom jogo e criou na primeira etapa uma excelente oportunidade para inaugurar o placar com Wesley, logo a um minuto de jogo. No entanto, dois minutos depois, o time da casa não desperdiçou e fez com o oportunista Henrique. No segundo tempo, os visitantes tentaram uma reação em busca do empate, mas foi o Guarani que chegou ao segundo tento com Robinho, que entrou no lugar de Alessandro, decretando assim a vitória do time campineiro.

No restante da partida, o Rio Preto chegou com perigo com Mário Andre. Já o time da casa, poderia ter ampliado com Marcinho. O Jacaré terminou a competição na 18ª colocação, com 15 pontos ganhos em 57 pontos disputados. Foram quatro vitórias, três empates e 12 derrotas. O ataque marcou dezesseis vezes, enquanto a defesa sofreu 28 gols. Além do Rio Preto, foram rebaixados Juventus, Sertãozinho e Rio Claro.

FICHA TÉCNICA
Guarani 2x0 Rio Preto

Data: 06/04/2008
Local: Estádio Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas
Renda: R$ 53.504,00
Público: 10.620 pagantes
Árbitro: Paulo Cesar de Oliveira
Assistentes: Márcio Luiz Augusto e Rafael Ferreira da Silva
Gos: Henrique, aos 3´/1T, Robinho, aos 33 ´/2T(Guarani)
Cartões Amarelos: Lucas, Paulo Santos(Guarani); Rafinha, Emerson, Ricardinho, Tobias, Wesley(Rio Preto).

Guarani
Gisiel; Maranhão, Xandão, Danilo Silva e Alessandro (Robinho); Roger Bernardo, Lucas, Paulo Santos (Fabinho Romão) e Marcinho; Selmir (Andrezinho) e Henrique.
Técnico: Jair Picerni.

Rio Preto
Marcelo Bonan; Rafinha, Éder Baiano, Jeferson e Neílton; Emerson, Mário André, Bady (Robson) e Ricardinho; Wesley e Johnny (Paulo Roberto).
Técnico: José Carlos Serrão.

Crédito: Oscar Silva