Rio Preto anuncia técnico que conquistou acesso pelo Monte Azul para o Paulista A3

Trata-se de Régis Angeli que foi apresentado pela diretoria do Jacaré na manhã desta terça-feira (22)

por Agência Futebol Interior

São José do Rio Preto, SP, 22 (AFI) - O Rio Preto já começou a sua preparação para o Campeonato Paulista da Série A3 de 2020 e deu o primeiro passo na manhã desta terça-feira (22). Isso porque a diretoria do Jacaré oficializou a contratação do novo técnico. Trata-se de Régis Angeli, que nesta temporada conseguiu o acesso para a Série A2 à frente do Monte Azul e que foi auxiliar técnico de Vagner Mancini por dez anos.

O anuncio do técnico rio-pretense contou com as presenças do presidente José Eduardo Rodrigues, do vice Sebastião Dias Filho, do presidente do Conselho Deliberativo Itamar Rubens Malvezzi e Edílson Lugui, diretor das categorias de base do quadro esmeraldino.

FOCO NOS NOVOS DESAFIOS
Além de Régis, irão fazer parte da comissão técnica: o auxiliar-técnico José Mário Crispim, o preparador fisico Rafael Biguetti, o treinador de goleiros Bruno Rebelo, o roupeiro Edimir dos Santos e o supervisor Carlos Guerreiro. Além de Marcelo Castan que será gerente de futebol. O comandante falou sobre a escolha pelo Jacaré.

Trata-se de Régis Angeli que foi apresentado pela diretoria do Jacaré na manhã desta terça-feira (22)
Trata-se de Régis Angeli que foi apresentado pela diretoria do Jacaré na manhã desta terça-feira (22)
"A gente vinha conversando há muito tempo sobre a minha possibilidade de acertar com o Rio Preto. Assim, o clube tem uma estrutura que muitos clubes no cenário paulista e até mesmo brasileiro não possuem. A minha vinda também vem de um respaldo que recebi do presidente José Eduardo, do vice Sebastião Dias. É claro a estrutura e o pensamento dos dirigentes que querem o acesso. Espero corresponder toda a expectativa da diretoria e fazer um grande trabalho cujo objetivo é o acesso" disse o comandante, que continuou.

"Tenho um carinho muito especial quando você observa num clube a base. O Rio Preto tem peças que serão olhando sim com carinho para fazer parte do elenco que vai disputar o campeonato. Costumo iniciar os trabalhos com 22 atletas e durante a preparação fazer alguns jogos amistosos. Comigo trabalha profissionais que tem comprometimento com o clube".

MAIS SOBRE A CARREIRA DE RÉGIS
O ex-volante da Ponte Preta, Mogi Mirim e Kashiwa Reysol, do Japão, entre outros, foi campeão mundial Sub 20, em 1983. Nas quatro linhas consta em seu currículo como auxiliar-técnico por muito tempo ao lado do técnico Vagner Mancini, hoje no Atlético-MG, e com passagens pela Chapecoense, Cruzeiro, Vitória, Botafogo-RJ, Athetico-PR , Kashiwa Reysol, Al Nasr(Emirados Árabes).

Foi treinador de base, técnico e gerente de futebol profissional do Botafogo-SP. Teve uma rápida passagem pelo EC São Bernardo nesta temporada.