Brasileiro Feminino: Rio Preto joga bem, faz lição de casa e sai na frente nas quartas

As meninas rio-pretenses conseguiram uma boa vantagem para o jogo de volta das quartas de finais

por Oscar Silva

São José do Rio Preto, SP, 12 (AFI) - O Rio Preto joga bem e faz a lição de casa. Jogando na tarde desta quarta-feira, em São José do Rio Preto, no estádio Anísio Haddad, as meninas rio-pretense venceram por 1 a 0 a equipe do Iranduba-AM, no jogo de ida pelas quartas de final do Campeonato Brasileiro Feminino.

O único gol aconteceu no último lance do primeiro tempo com Carol Nogueira. Com o triunfo, o Jacaré joga por um empate em Manaus para ir à semifinal contra o vencedor de Santos e Ferroviária. O Hulk, precisa vencer por dois gols de diferença. Uma vitória por um gol, a decisão vai para a cobrança de penalidades.

NA FRENTE
A partida começou bastante movimentada mesmo debaixo de uma alta temperatura. Aos 12 minutos, pintou a primeira oportunidade gol a favor do time rio-pretense. No contra-ataque, a atacante Carol Nogueira saiu na cara do gol, mas na hora de concluir acertou a rede pelo lado de fora.

Em busca de inaugurar o marcador, Lelê sozinha dentro da pequena área perdeu ótima chance para o time da casa ao cabecear para fora. O lance aconteceu aos 27 minutos. Melhor no jogo, Carol resolveu arriscar de longe e a bola passou com muito perigo rente ao travessão.

Aos 48, Lelê, dentro pequena área tirou a zagueira d jogada e tocou com precisão, mas para o capricho a bola acertou o pé da trave setor esquerdo. Finalmente, no último lance Carol Nogueira, não desperdiçou fazendo 1 a 0. A vitória parcial do time rio-pretense foi justo por aquilo que apresentou nos primeiros quarenta e cinco minutos.
Carol Nogueira fez o único gol da partida e deu uma ótima vantagem para o Rio Preto (Foto: Muller Merlotto Silva)
Carol Nogueira fez o único gol da partida e deu uma ótima vantagem para o Rio Preto (Foto: Muller Merlotto Silva)

LIÇÃO DE CASA
Na volta para o segundo tempo o time da Vila Universitária teve tudo para ampliar com Leê, que na cara do gol tocou com precsão para uma excelente defesa de Maike. Aos quinze minutos quase o segundo. Maiara, na tentativa de cruzar por pouco não encobriu a arqueira amazonense. A bola tirou tinta do travessão.

Esperando um contra-ataque, aos 44 minutos, Elisa Lopes perdeu grande chance de deixar tudo igual. Na cara do tocou pra fora. A goleira rio-pretense tirou a bola com olhos. Ainda deu tempo para o Rio Preto, fazer o segundo, mas seu ataque desperdiçou. Final, 1 a 0,

PRÓXIMO JOGO
As duas equipes voltam a se enfrentar na próxima quinta-feira, às 21 horas, em Manaus-AM, na Arena Amazônia.

FICHA TÉCNICA
Rio Preto 1x0 Iranduba

Local: Estádio: Anísio Haddad, em São José do Rio Preto
Árbitro: Daniel Bernardes Serrano
Assistentes: Patrícia Carla de Oliveira e Amanda Pinto Matias
Gols: Carol Nogueira, aos 49´\1T(Rio Preto)
Cartões Amarelos: Dí(Rio Preto); Cris, Giselinha, Djeni(Iranduba)

RIO PRETO

Zany; Fafá, Di, Rayane e Di Menor; Jéssica, Karina e Mariana; Maria (Jéssica Beiral), Carol Nogueira (Novinha) e Lelê.
Técnico: Chicão Reguera.

IRANDUBA-AM
Maike;
Sinara, Renata Costa, Jujuba e Giselinha (Monalisa); Gabi, Priscila (Elisa Lopes), Djeni e Mayara; Giovania (Kelen) e Cris.
Técnico: Adilson Galdino.

 
 
" />