Copa Paulista: Rio Preto demite técnico após goleada para o Mirassol

Rodrigo Deião, da base, assume o time interinamente

por Oscar Silva

São José do Rio Preto, SP, 01 (AFI) – Carlos Rossi (foto abaixo) não é mais o técnico do Rio Preto. O treinador foi demitido, na noite da última segunda-feira, após reunião entre os dirigentes na sede social do clube. Os maus resultados, principalmente a goleada para o Mirassol foram decisivos pela saída. Rodrigo Deião, da base, assume o time interinamente.

A atuação do time na derrota para o Mirassol, por 3 a 0, incomodou os dirigentes. Por isso a decisão por conversar com o treinador e explicar que o momento pede por mudança. Além de Carlos Rossi, o seu filho, Bruno Rossi também deixa o clube. Ele vinha atuando como auxiliar e preparador físico do Jacaré.

"O futebol é assim mesmo e nós vivemos de resultados. De antemão, quero agradecer a oportunidade de trabalhar num clube que vem bem estruturado. A vida da gente segue. Eu em outros caminhos e o Rio Preto em busca do seu objetivo", comentou Carlos Rossi ao Portal FI.

Presidente do clube, Suélio Ribeiro dos Santos acredita na classificação do Rio Preto à próxima fase.

"Ainda temos chances de classificação. Só depende de nós. No entanto, temos que vencer os dois jogos, o Linense, em Lins, no próximo sábado, e em casa contra o Penapolense, este briga com a gente pela última vaga", disse o presidente esmeraldino Suélio Ribeiro dos Santos.

Sob o comando de Rossi foram 11 jogos pelo Campeonato Paulista da Série A3, e seis jogos pela Copa Paulista. No geral foram seis vitórias, sete empates e quatro derrotas.

 
 
" />