Paulista A3: 'Psicológico também atrapalha', diz Sander sobre momento do Rio Branco

Time vem sentido a pressão na reta final, sob o iminente risco de ser rebaixado para a Segundona

por Agência Futebol Interior

Americana, SP, 06 (AFI) - Logo depois de se reanimar na Série A3, com uma vitória por 2 a 0 sobre o Monte Azul, o Rio Branco não demorou a tropeçar e foi derrotado por 3 a 0 para o Marília. Sentindo a pressão da reta final, o time volta a campo às 19 horas desta quarta-feira, quando enfrenta o Barretos, no Décio Vitta.

Para o técnico William Sander, no comando há quatro rodadas, o elenco precisa trabalhar a questão psicologia, fator que tem influenciado diretamente nos resultados.

Rio Branco vive drama na Série A3. (Foto: Douglas Teixeira / Ag Briosa)
Rio Branco vive drama na Série A3. (Foto: Douglas Teixeira / Ag Briosa)
“Vejo que o psicológico também atrapalha. O time não tem feito boa campanha desde o começo e quando ocorrem adversidades no meio da partida faz com que eles não consigam reagir. Contra o Marília foi assim, estávamos bem até os 20 minutos, mas levamos dois gols em dois minutos e não conseguimos mais jogar”, disse o treinador em entrevista ao Jornal O Liberal.

Para o jogo deste meio de semana, Sander não terá novos desfalques. Ele não confirmou o time que vai a campo, mas se quiser pode repetir a escalação da rodada passada, apesar do resultado negativo.

O Rio Branco pode ir a campo com Neto Bahia; Pablo, William, Alemão e Hugo; Cesinha, Danilo, Bismarck e Diego Latorre; Frank e Ítalo.

 
 
" />