Loco Abreu cobra salários atrasados de clube brasileiro e aciona até a Fifa

O jogador de 43 anos defendeu o Rio Branco no Campeonato Capixaba de 2019, fez nove gols e deixo o time em abril

por Agência Futebol Interior

Vitória, ES, 31 (AFI) - O atacante uruguaio Loco Abreu acionou a Fifa para resolver sua situação com o Rio Branco, do Espírito Santo. A defesa do jogador, feita por Wallace Oliveira, cobra salários atrasados por sua passagem nesta temporada.

O jogador de 43 anos defendeu o Rio Branco no Campeonato Capixaba de 2019, fez nove gols e deixo o time em abril, logo após a eliminação. O presidente do Rio Branco, Luciano Mendonça, reconheceu que o clube tem uma dívida com alguns jogadores, incluindo Loco Abreu, referente aos meses de março e abril.

QUEBRA DE CONTRATO?

Entretanto, afirmou que o atacante quebrou uma cláusula no contrato ao sair em abril.

Segundo o dirigente, o contrato iria até o fim de maio e caso isso fosse quebrado, a parte teria que pagar R$ 300 mil.

Luciano não descarta uma negociação com o jogador e quer resolver isso ainda neste ano. O Rio Branco alega que tinha um planejamento com o Loco para o mês de maio, como realizar um clássico com a Desportiva Ferroviária, além de encarar o Botafogo-RJ.

DE VOLTA AO BRASIL?

Loco Abreu está no Boston River, do Uruguai, mas foi ventilado em dois clubes brasileiros para 2020: União Cacoalense-RO e Athletic de São João Del Rey-MG. O atacante desmentiu as duas sondagens.