Goleiro Bruno consegue liminar e poderá defender Rio Branco sem tornozeleira

A decisão confirma a presença do jogador na semifinal do Campeonato Acreano

por Agência Futebol Interior

Rio Branco, AC, 09 (AFI) - O goleiro Bruno recebeu uma boa notícia nesta quarta-feira. Ele poderá estar em campo na semifinal do Campeonato Acreano entre seu clube, o Rio Branco, e o Plácido de Castro nesta quarta-feira, às 19h, na Arena Acreana. O atleta conseguiu uma liminar, dada pelo juiz Hugo Torquato, da Vara de Execuções Penais, e poderá trabalhar sem tornozeleira eletrônica nos próximos dias.

A decisão de usar o equipamento veio da próprio Justiça do Acre, mas o goleiro acabou conseguindo a liminar após atuação de seus advogados, juntamente com o Boletim de Ocorrência feito por Bruno pedindo um corpo delito para mostrar que a tornozeleira o fez machucar o tornozelo durante os treinamentos.

Bruno em treino pelo Rio Branco. Foto: Reprodução/Rede Amazônica Acre
Bruno em treino pelo Rio Branco. Foto: Reprodução/Rede Amazônica Acre
Bruno vinha usando a tornozeleira desde o dia 4 de setembro, conforme determinação da Justiça. Com a nova liminar, ele terá que ser levado à Delegacia de Flagrantes de Rio Branco (Defla) para retirar o equipamento duas horas antes das atividades e voltar para recolocar duas horas depois.

JOGADOR DA ESCÓCIA JÁ USOU TORNOZELEIRA EM JOGO

Tales Fonseca Tranin, promotor de justiça, ainda lembrou de um precedente, ocorrido em 2018, na Escócia. Em liberdade condicional, o meia Paulo McGowan jogou com o equipamento debaixo do meião.