Série C: Técnico do Remo lamenta derrota, mas já pensa no Re-Pa: 'Temos condições'

"Acho que mostramos hoje, mesmo perdendo, que a equipe tem condições e temos que buscar a recuperação em seguida"

por Agência Futebol Interior

Belém, PA, 04 (AFI) - O técnico do Remo, Paulo Bonamigo, avaliou a derrota para o Ypiranga por 2 a 1, pela quarta rodada da segunda fase do Campeonato Brasileiro Série C. Apesar de lamentar o resultado, o comandante do Leão garantiu que o foco já está em corrigir os erros para o clássico diante do Paysandu..

VEJA O QUE DISSE BONAMIGO:

OUTRAS FALAS DE BONAMIGO:

REMO NÃO CONSEGUE SEGURAR VANTAGEM

"Não conseguimos administrar a vantagem. Sempre falo que a melhor situação para administrar a vantagem, é continuar agredindo o adversário. Foi um jogo bem intenso, bem corrido, as duas equipes com muita intensidade. Isso é Série C. Infelizmente hoje não conseguimos o resultado", disse.

Foto: Samara Miranda/Remo
Foto: Samara Miranda/Remo

BOLA PARADA DETERMINANTE

"A bola parada foi determinante. A nossa bola parada estava tão bem treinada que são poucos gols, talvez o segundo ou terceiro que levamos.

Isso foi um fator que empatando o jogo, deu um ânimo maior para o adversário acreditar no resultado.

A gente não pode pegar gol de bola parada. É um fator que tem desequilibrado e foi o nosso maior pecado dentro do jogo".

GRUPO CHATEADO

"Ninguém gosta de perder. O grupo está todo chateado, nós estamos chateados. Mas é um grupo equilibrado. Falamos que nesta Série C ninguém iria subir com facilidade. Temos dois jogos em Belém e são nesses dois jogos que temos que apostar".

FOCO NO CLÁSSICO

"Ninguém falou que esse acesso seria fácil. Temos dois jogos ainda, um clássico agora. É tentar corrigir o que precisa ser corrigido. Mesmo com a derrota, estamos em uma situação que dependemos apenas da gente.

Nesse momento não podemos colocar coisa na cabeça, de que a equipe não tem potencial para chegar. Acho que mostramos hoje, mesmo perdendo, que a equipe tem condições e temos que buscar a recuperação em seguida".