Técnico ex-Palmeiras é apresentado na Série C: 'Venho feliz, motivado e com apetite'

"Têm situações muito positivas que conseguimos ver construídas dentro da equipe", disse Paulo Bonamigo em chegada ao Remo-PA

por Agência Futebol Interior

Belém, PA, 22 (AFI) - Paulo Bonamigo foi apresentado, na tarde desta terça-feira (22), como novo técnico do Remo-PA para a sequência do Campeonato Brasileiro da Série C. Ele retorna ao Baenão para a segunda passagem - comandou o Leão Azul em boa campanha na Copa João Havelange de 2000.

"Hoje tenho uma missão e uma responsabilidade duríssima. Sei, quando aceitei e até facilitei a minha vinda para o Remo em termos financeiros, porque eu acredito que o Remo está precisando e vai subir de patamar. Merece já estar em um nível de competições pela sua organização, pelo seu trabalho feito fora de campo. A gente acompanha. Quero ser simplesmente um facilitador de engrenar uma equipe que vai buscar, a todo jogo, a vitória", disse o comandante.

Foto: Samara Miranda/Remo
Foto: Samara Miranda/Remo
Ele foi contratado para a vaga de Mazola Júnior, desligado do cargo na segunda-feira (21). O Remo aparece na quinta colocação do Grupo A, com 10 pontos, atrás dos integrantes da zona de classificação para a segunda fase - Santa Cruz-PE, com 14, Vila Nova-GO, com 12, Ferroviário-CE, com 11, e Paysandu-PA, com 10. O Leão Azul recebe o Manaus-AM, às 18h de domingo (27), no Mangueirão, em Belém (PA).

"Meu retorno marca muito, evidente, por conhecer o clube, pelo crescimento do clube em termos de estrutura, pela força dessa nação azulina, pelo projeto. Acho que é o momento em que eu, como profissional, tinha que me colocar a disposição de poder ajudar o Remo porque sei já que são sete ou oito anos tentando buscar o acesso e merecendo em estar em uma divisão superior. Venho feliz, motivado e com muito apetite. Com conteúdo de experiência e rodagem muito maior do que foi o Bonamigo do ano 2000 e espero que a gente possa transportar, na execução, nos resultados e nas metas que nós vamos nos programar", assegurou.