Emerson Carioca valoriza empate do Remo, mas Márcio Fernandes vê gosto amargo

Remo ficou no 2 a 2 ante o Tombense e perdeu a liderança para o Juventude no Grupo B da Série C

por Agência Futebol Interior

Belém, PA, 04 (AFI) - O atacante Emerson Carioca e o técnico Márcio Fernandes não falaram a mesma língua após o empate do Remo, por 2 a 2, ante o Tombense no encerramento da 6ª rodada da Série C do Campeonato Brasileiro. Enquanto o jogador comemorou o ponto conquistado fora de casa, o treinador afirmou ter ficado um gosto amargo pelo gol sofrido no final da partida.

"É agradecer a Deus pelo ponto fora de casa, porque o Campeonato Brasileiro é sempre muito disputado. Foi um bom resultado contra uma equipe boa como a do Tombense, que tem jogadores de altíssima qualidade", disse o camisa 9.

Márcio Fernandes, por sua vez, acredita que a vitória poderia ter vindo. O empate fez o Remo perder a liderança para o Juventude que tem os mesmos 12 pontos, mas leva vantagem no saldo de gols.

"A gente costuma jogar da mesma forma em casa e fora, não mudamos a nossa estratégia. Os jogadores estão de parabéns porque, realmente, a logística é complicada e eles foram heróis, correram muito, e talvez o empate foi apropriado para as equipes, mas a gente sai com um sabor um pouquinho amargo porque tínhamos conseguido o gol no final", disse o comandante.

Márcio Fernandes lamentou o empate no final sofrido pelo Remo ante o Tombense. (Foto: Samara Miranda / Ascom Remo)
Márcio Fernandes lamentou o empate no final sofrido pelo Remo ante o Tombense. (Foto: Samara Miranda / Ascom Remo)
O Remo voltará a campo já no próximo sábado, às 17 horas, quando receberá o Volta Redonda, no Estádio Mangueirão, em Belém, pela 7ª rodada.

"Final de semana tem um jogo importante contra o Volta Redonda e temos que fazer o dever de casa. Sabemos que é desgastante, por isso é importante descansar quando chegar em Belém, para fazer um bom jogo no sábado", finalizou Emerson Carioca.