Paulistão: Reencontro com Zago motiva zagueiro ex-Inter no Red Bull

Treinador foi responsável pela subida de Léo Ortiz e estreia no futebol profissional do Internacional, em 2017

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 10 (AFI) - Léo Ortiz está de casa nova. Após disputar a última temporada pelo Sport, o zagueiro de 23 anos, que pertence ao Internacional, acertou, no último fim de semana, um contrato de empréstimo para defender o Red Bull até o término do Campeonato Paulista de 2019.

O defensor já está trabalhando com os novos companheiros há alguns dias e chega ao Toro Loko a pedido do técnico Antônio Carlos Zago, responsável pela sua subida e estreia no futebol profissional do Internacional, em 2017.

“Estou muito motivado e entusiasmado com esse novo desafio. Fico extremamente feliz por ter a oportunidade de trabalhar mais uma vez com o Zago. Ele foi o responsável pela minha profissionalização no Inter e quem proporcionou a minha maior sequência como titular. Sem contar que ter a confiança dele, um cara que foi um especialista na posição, é motivo de muito orgulho e demonstra que estou no caminho certo. Além disso, o RB apresentou um projeto muito interessante para a disputa do Paulistão, que é o principal Estadual do país, e não tive dúvidas em aceitar”, afirmou.

Foto: Divulgação / Red Bull Brasil
Foto: Divulgação / Red Bull Brasil

CARREIRA
Nascido em Porto Alegre, Léo Ortiz chegou ao Internacional aos 16 anos e fez a sua estreia como profissional pelo Colorado em fevereiro de 2017. Em sua primeira temporada no time principal, disputou 31 jogos, sendo 28 como titular.

Em 2018, Léo Ortiz foi emprestado ao Sport, onde realizou 18 partidas pelo Leão da Ilha, marcou um gol, deu uma assistência e ganhou de Nelsinho Baptista a oportunidade de usar a braçadeira de capitão pela primeira vez na carreira no empate em 1 a 1 com o arquirrival Santa Cruz, pelo Campeonato Pernambucano

Agora, Léo Ortiz chega ao Red Bull com a missão de ajudar a equipe a se classificar no Grupo A do Paulistão, que conta também com Santos, Ponte Preta e São Caetano. A estreia da equipe será contra o Palmeiras, no dia 20 de janeiro.