Espanhol: Zidane vê reta final como treino e desconversa sobre vinda Neymar

Para a partida deste sábado, o comandante não contará com o astro Cristiano Ronaldo, que torceu o tornozelo direito

por Agência Estado

Campinas, SP, 11 - O técnico Zinedine Zidane disse nesta sexta-feira que a melhor maneira de preparar o Real Madrid para a decisão da Liga dos Campeões é colocando o elenco em campo. Por isso, apesar de o próximo duelo do Campeonato Espanhol não valer nada objetivamente, o treinador vê como uma oportunidade para fazer ajustes de olho na partida do próximo dia 26, contra o Liverpool, em Kiev, na Ucrânia.

"Nada substitui a intensidade de uma partida", disse. "A motivação não muda porque não temos chances de ganhar o Campeonato Espanhol. Mas jogando se prepara muito bem no que se refere a intensidade", prosseguiu.

O Real Madrid receberá o Celta de Vigo no sábado pela penúltima rodada do Campeonato Espanhol, no duelo que marca a despedida do time do Santiago Bernabéu nesta temporada. Na sequência, a equipe visitará o Villarreal no dia 19 pela rodada final da competição.

Zidane vê reta final como treino e desconversa sobre vinda Neymar
Zidane vê reta final como treino e desconversa sobre vinda Neymar
"Jogaremos esses dois jogos da melhor maneira possível. Vamos trabalhar e cuidar da preparação com a bola. A parte física já trabalhamos bem durante a temporada", avisou o treinador madrilenho. No Espanhol, o Barcelona já conquistou o título com antecedência e o Real Madrid já garantiu vaga na próxima edição da Liga dos Campeões.

Para a partida deste sábado, Zidane não contará com o astro Cristiano Ronaldo, que torceu o tornozelo direito no último domingo, no empate por 2 a 2 com o Barcelona. O jogador ficou de fora do treino desta sexta-feira, no entanto, deve se recuperar a tempo da decisão da Liga dos Campeões. A tendência é que volte contra o Villarreal.

NEYMAR NO REAL?
Na entrevista coletiva, Zidane também foi questionado sobre a possível contratação de Neymar pelo Real Madrid. O treinador elogiou o atacante brasileiro, mas evitou entrar em especulação.

"Não sou eu quem decido isso. Depois da final da Liga dos Campeões, conversaremos com o clube porque seguramente haverá mudanças. Mas agora não posso falar nada. Os bons jogadores são sempre compatíveis. Entre os bons há sempre química. Não sei se estão negociando com o Neymar, mas não acredito nisso. Não pedi nada porque não entro muito nisso. Temos que terminar bem a temporada, essa é minha preocupação."