Espanhol: Zidane defende Benzema, valoriza histórico de atacante e nega problema com Bale

O treinador diz não ligar para as críticas dos torcedores em relação às atuações recentes do atacante

por Agência Estado

São Paulo, SP, 09 - Na véspera do duelo com o Eibar, marcado para este sábado, pela 28.ª rodada do Campeonato Espanhol, o técnico do Real Madrid, Zinedine Zidane, saiu em defesa de Benzema e negou que tenha problema com Gareth Bale, que ficou no banco de reservas na última partida contra o Paris Saint-Germain, na terça-feira, pelas oitavas de final da Liga dos Campeões.

"Eu gostei do trabalho de Karim, eu gostaria que ele marcasse, mas o que ele fez (contra o PSG) foi bom para o time e é preciso ser paciente", disse o treinador, se referindo ao duelo no qual Benzema não marcou gols, mas ajudou o Real a derrotar o adversário por 2 a 1, em Paris. "Não tenho que convencer ninguém. As pessoas que conhecem o futebol sabem que ele é muito bom. Há pessoas que gostam e pessoas que não. É algo que não podemos mudar", acrescentou.

Zidane diz não ligar para as críticas dos torcedores em relação às atuações recentes de Benzema, valorizou a história do centroavante francês no Real Madrid - está há nove temporadas no clube -, mas reconheceu que o atacante tem feito poucos gols e, por isso, pediu paciência com o jogador, que balançou as redes apenas oito vezes em 32 jogos nesta temporada.

Zidane diz apoiar Benzema no Real Madrid
Zidane diz apoiar Benzema no Real Madrid
"Karim deve continuar porque temos que ver o que ele fez nos nove anos aqui. Ele é um jogador de que eu gosto muito e seus números falam por si só. É verdade que ele é o camisa nove do time e pedimos mais porque ultimamente ele não marcou muitos gols", reconheceu Zidane. "Mas ele está fazendo muitas coisas para a equipe e o objetivo virá. Aquele que gosta de futebol têm que gostar de Benzema", ponderou.

PEÇA CHAVE!
Reserva diante do PSG, Gareth Bale é muito importante para o elenco do time madrilenho, segundo Zidane, que elogiou o jogador e garantiu não ter nenhum problema com o galês.

"Ele não teve que começar no banco na ida e na volta das oitavas da Liga dos Campeões, mas não tenho nada em particular com ele", garantiu o técnico dos merengues. "Ele é um grande jogador e muito importante para nós que vai contar, como todos os outros. Todos os três dias eu faço uma equipe e para mim Gareth é importante, mas também há outros jogadores importantes", completou.

Com 54 pontos, o Real Madrid é o terceiro colocado do Campeonato Espanhol e briga para se manter na zona de classificação à Liga dos Campeões, já que está muito atrás do líder Barcelona (15 pontos de diferença). Além disso, aguarda o sorteio que define o seu adversário nas quartas de final da Liga dos Campeões, marcado para o próximo dia 16 de março.

 
 
" />