Time do Potiguar é punido por escalar volante de 15 anos e perde nove pontos

O regulamento geral das competições não permite a participação de atletas com menos de 16 anos

por Agência Futebol Interior

Natal, RN, 31 (AFI) - Em meio à indefinição do Campeonato Potiguar, que pode ser retomado após anúncio de cancelamento, o Palmeira sofreu um duro baque. O Tribunal de Justiça Desportiva do Rio Grande do Norte puniu o clube com a perda de nove pontos por escalar um jogador de 15 anos, além de multa de R$ 300. Palmeira de Goianinha ainda pode recorrer ao Pleno do tribunal.

Com isso, o Palmeira, que tinha apenas quatro pontos em quatro jogos, agora terá -5 pontos, na lanterna (8ª) da competição.

O volante Eduardo Vinicius foi utilizado três vezes na competição. O regulamento geral das competições da Federação Norte-rio-grandense de Futebol não permite a participação de atletas com menos de 16 anos nas disputas profissionais organizadas pela entidade.


Vídeo - Ariel Holan fala sobre importância dos cuidados do Santos contra a covid-19:

Espaço incorporado por HTML (embed)


O caso foi julgado pela Primeira Comissão Disciplinar do Tribunal de Justiça Desportiva do Rio Grande do Norte em uma Sessão de Julgamento que aconteceu nesta quarta-feira, dia 31 de março. A decisão pela punição foi unânime entre os auditores.

Art. 22 - É vedada, nas partidas das Competições profissionais, a participação de atletas não-profissionais com idade superior a 20 (vinte) anos completos e inferior a 16 (dezesseis) anos completos.