Uma mão lava a outra! Saiba os detalhes de como o Canindé retornou ao Paulistão

Clube ganhou a reforma do gramado em troca do empréstimo para clubes da elite estadual

por NETLUSA

São Paulo, SP, 28 (AFI) - Mesmo com a Portuguesa no Campeonato Paulista da Série A2, o estádio do Canindé voltou a ser destaque no Paulistão. Graças a uma parceria com a FPF (Federação Paulista de Futebol), o local foi o palco de um jogo em cada uma das duas últimas rodadas da fase de grupos.

Como a FPF arcou com os custos da reforma do gramado, ao lado do SOS Canindé, a Lusa emprestou seu estádio aos clubes. Vale destacar que os gastos com o jogo, como luz, despesas com segurança e equipe médica, não sairão dos bolsos rubro-verdes.

Entenda a parceria entre Lusa e FPF que recolocou o Canindé na Série A1
Entenda a parceria entre Lusa e FPF que recolocou o Canindé na Série A1
PALCO DOS SEGUINTES JOGOS
O Estádio Doutor Oswaldo Teixeira Duarte, casa da Lusa, teve o Ituano como mandante na 11ª rodada, no empate sem gols diante da Ferroviária. Já na 12ª rodada, o Santo André foi o mandante, porém acabou sendo derrotado por 3 a 1 justamente para o Ituano.

O local está confirmado como palco do confronto entre Novorizontino e Botafogo, pelo Troféu do Interior, nesta quarta-feira (29).