Canindé vai a leilão pela terceira vez, com lance mínimo de R$ 163 milhões

Se o estádio não for arrematado até a próxima quinta-feira, o valor pode cair mais uma vez para aproximadamente R$ 98 milhões

por Agência Futebol Interior

São Paulo, SP, 15 (AFI) - A partir das 9 horas desta segunda-feira o estádio Canindé entrou mais uma vez em leilão. O lance inicial é de R$ 163 milhões por 60% do local – o restante pertence à Prefeitura de São Paulo. O valor arrecadado vai ser usado para quitar dívidas na Justiça do Trabalho. O estádio da Portuguesa está penhorado por 13 ordens judiciais. O leilão vai até a próxima quinta-feira e se não aparecer nenhum comprador o valor do imóvel pode cair ainda mais.

Esse é o terceiro leilão do Canindé e nas outras duas oportunidades ninguém deu lance. O estádio está muito bem localizado, na marginal Tietê, mas a incerteza sobre o futuro do estádio deixa os investidores receosos em investir. Na Câmara dos Vereadores, a Portuguesa tenta tombar o estádio como patrimônio histórico da cidade, o que inviabilizaria qualquer outro investimento no local, como um shopping, por exemplo.

Canindé vai a leilão pela terceira vez, com lance mínimo de R$ 163 milhões
Canindé vai a leilão pela terceira vez, com lance mínimo de R$ 163 milhões
Além disso, o valor de R$ 163.922.050,99 corresponde apenas 60% do estádio. No site da Sublime Leilões, responsável pelo negócio, está descrito “arquibancada, vestiário, casa de máquinas, ginásio poliesportivo, parque aquático com seis piscinas, salão comercial usado para restaurantes e lanchonetes e áreas de circulação com paisagismo”. No total são 42.350 metros quadrados.

Se o Canindé não for arrematado até a próxima quinta-feira, o valor pode cair mais uma vez para aproximadamente R$ 98 milhões. A Portuguesa já alegou, em mais de uma oportunidade, que os valores do estádio estão muito abaixo do que o terreno realmente vale, mas, ainda assim, nenhum comprador apareceu para comprar. Se local for comprado, a prioridade vai ser quitar a dívida de R$ 24 milhões com a Prefeitura, referente ao IPTU.