Copa Paulista: Após eliminação, Portuguesa não garante permanência de treinador

Allan Aal chegou ao Caninde durante o Paulista A2; ao todo, comandou os lusitanos em 18 jogos

por Agência Futebol Interior

São Paulo, SP, 26 (AFI) - Eliminada da Copa Paulista ainda na primeira fase, a Portuguesa inicia os primeiros movimentos de olho no primeiro semestre de 2019, quando terá apenas a disputa do Campeonato Paulista da Série A2. Apesar disso, uma questão ainda não foi resolvida: a permanência - ou não - do técnico Allan Aal.

Foto: @Lusa_Oficial
Foto: @Lusa_Oficial
O comandante tem contrato até o final com a equipe lusitana. Do lado do comandante, a sinalização é por uma renovação.

COMO FOI?
O treinador chegou em meados de fevereiro após se destacar pelo Foz do Iguaçu, no Campeonato Paranaense. Ele substituiu Guilherme Alves e atingiu o objetivo de manter a Portuguesa no Paulista A2: o time foi 12º lugar, com 16 pontos.

Entre A2 e Copa Paulista, foram 18 partidas. Ele alcançou sete vitórias, cinco empate e seis derrotas. No segundo semestre, porém, objetivo era vencer a Copinha e recolocar a Lusa na Série D do Brasileiro, o que ficou distante de acontecer. O elenco está de férias e retornará às atividades em novembro, de olho na A2, que deve começar em janeiro.

 
 
" />