Copa Paulista: Campeão da Série B 2011, meia cogita encerrar carreira na Portuguesa

Atualmente, Marco Antônio está disputando a Campeonato Brasileiro da Segunda Divisão com a camisa do Figueirense

por Agência Futebol Interior

São Paulo, SP, 06 (AFI) - A Portuguesa foi campeã da Série B de 2011 com um time inesquecível - tanto que ficou conhecido como BarceLusa. Por guardar muito carinho pelo clube, o meio-campista Marco Antônio, camisa 10 naquela conquista, cogita encerrar a carreira com a camisa rubro-verde. No momento, a equipe do Canindé disputa a Copa Paulista.

“Eu sempre disse que jogaria até os 35 anos. O desgaste para eu conseguir me manter em forma tem sido extremamente alto. Tenho lutado contra o meu corpo nesta temporada para me manter em forma. Se vai acontecer ou não, eu nunca digo nunca para nada. Eu gostaria de ver a Portuguesa numa situação melhor, numa organização melhor. Mas por que não? Por que não encerrar a minha carreira na Portuguesa? Não descarto nada. Fui muito feliz no clube”, disse o jogador de 33 anos ao Paixão Lusa, da Rádio Trianon.

MOMENTO
Atualmente, o meia faz parte do elenco do Figueirense, que participa do Campeonato Brasileiro da Série B. Porém, com os seguidos problemas de lesão, não tem sido utilizado. Por isso, às vezes, foi a campo pelo Campeonato Brasileiro de Aspirantes. Em meio a esse cenário, não foi sondado pela diretoria da Portuguesa.

Copa Paulista: Campeão da Série B 2011, meia Marco Antônio cogita encerrar carreira na Portuguesa
Copa Paulista: Campeão da Série B 2011, meia Marco Antônio cogita encerrar carreira na Portuguesa
“Não teve nada, ninguém me procurou. Realmente causou estranheza até em mim. De fato, não houve nenhum contato”, prosseguiu.

BARCELUSA
Marco Antônio revelou detalhes do título nacional de 2011.

“Levei um pisão no dedo do pé em um coletivo. Era uma dor absurda. Eu fazia os exames e não descobria nada. Eu pedia para jogar. Eu chamei a responsabilidade de jogar nessa situação. Eu tomava algumas providências para estar em campo. Eu tinha que treinar pouco porque sentia muita dor”, completou.

 
 
" />