Paulista A2: 'Poderíamos brigar por algo melhor', diz Aal após salvar a Portuguesa

Time rubro-verde evitou rebaixamento para a Série A3 com uma vitória por 2 a 1 sobre o líder Guarani

por Agência Futebol Interior

São Paulo, SP, 22 (AFI) - A Portuguesa se livrou do rebaixamento à Série A3 ao vencer o Guarani por 2 a 1, na última quarta-feira, e agora respira aliviada. Apesar disso, terminará a participação na Série A2 de maneira melancólica, com muito a lamentar pela frustração da certeza de que irá passar pelo menos mais um ano longe da elite do Paulistão.

Para o técnico Allan Aal, a situação poderia ser diferente caso ele tivesse mais tempo de trabalho para arrumar a equipe.Ele assumiu o comando na nona rodada e desde então teve duas derrotas, dois empates e duas vitórias.

“Acho que se a gente tivesse sempre essa postura, não estaria passando por essa situação”, disse. Lamento estar acabando, porque se a gente tivesse mais algumas rodadas, estaria brigando por uma situação muito melhor”, disse o treinador em coletiva após o jogo contra o Guarani.

Foto: Reprodução / NetLusa
Foto: Reprodução / NetLusa
A Lusa viveu um ambiente conturbado durante boa parte do estadual. A relação entre diretoria e torcida ficou bastante estremecida, o que gerou uma série de protestos. Mesmo aliviados por terem escapado, muitos torcedores ainda pedem a cabeça do presidente Alexandre Barros.

DESPEDIDA
O último jogo da Lusa na Série A2 será às 15 horas deste sábado, em duelo contra o Sertãozinho, no Frederico Dalmaso. Sem desfalques, Alan Aal pode repetir a escalação utilizada contra o Guarani , mas avalia a possibilidade de aproveitar jogadores pouco utilizados durante a competição.

A Lusa pode ir a campo com João Lopes; Carlinhos, Gabriel Santos, Marcos Vinícius e Cesar; Jonatas Paulista, Vinicius Martins, Vinicius Barba e Pereira; Raul e Cesinha.