Mauro Fernandes lamenta saída, mas vê a Portuguesa na final da Copa Paulista

No momento, a Portuguesa ocupa a terceira colocação do Grupo 3 com 13 pontos, apenas dois do líder São Caetano

por Agência Futebol Interior

São Paulo, SP, 11 (AFI) - O técnico Mauro Fernandes (foto), assim como a maioria da torcida, ainda não entendeu sua demissão confirmada pela Portuguesa na última quinta-feira. O experiente treinador confessa que foi pego de surpresa e que seu objetivo era realizar um longo trabalho na Rubro-verde que tem a Copa Paulista como a única chance de garantir uma vaga na Série D do Brasileirão 2018.

"Se os jogadores não entenderam a decisão da diretoria imagina eu? Infelizmente isso é da cultura do futebol. Queria seguir com meu trabalho, vínhamos colhendo frutos. É uma pena", comentou o comandante ao site Grande Área.

Mesmo fora da Lusa, Mauro Fernandes mantém o otimismo e acredita que o clube da capital estará na final da Copa Paulista. No momento, a Portuguesa ocupa a terceira colocação do Grupo 3 com 13 pontos, apenas dois do líder São Caetano.

"A Portuguesa precisa dar tempo aos treinadores. É preciso de tempo para fazer valer a filosofia e conquistar resultados. Mas vejo um grupo com vontade. Tenho certeza que a Lusa estará na final da Copa Paulista. Não tenho dúvidas", completou Mauro Fernandes.

Mais de Mauro Fernandes:

São poucos os técnicos que colecionam 18 títulos estaduais e nacionais, além de seis acessos. O técnico Mauro Fernandes iniciou sua carreira de treinador no Auto Esporte-PB em 1984, mas em 1986 foi contratado pelo Botafogo-PB, e ali começou sua trajetória de técnico vencedor. Foram três anos no comando do clube, se tornando bicampeão paraibano, o que começou a abrir portas para novos desafios. Em 1990 foi contratado pelo ABC-RN e mais um titulo na carreira e no ano seguinte conquistou o titulo alagoano com o CSA-AL.

Com passagem também pelo Sergipe-SE, o treinador foi bicampeão Sergipano e foi a partir daí que a carreira de Mauro Fernandes começou a ganhar projeção nos grande clubes. O técnico acabou indo para Goiás em 1996 e foi bicampeão Goiano,o que despertou o interesse do Sport-PE. Na equipe pernambucana foi tricampeão estadual. O treinador foi contratado em Coritiba-PR, mas logo em seguida foi contratado pelo Botafogo do Rio.

Mauro passou por outros clubes como Matonense-SP, Londrina-PR, Brasiliense-DF, onde foi campeão estadual e foi o técnico que conduziu o clube ao titulo do Brasileiro da Série B e acesso a Elite do Brasileiro, Fortaleza-CE,Gama-DF, Bahia-BA, Vitória-BA, onde conquistou acesso a Série B do Brasileiro, Santa Cruz-PE, Atletico Goianiense, onde foi campeão Brasileiro da Série C em 2008 e acesso a Série B.

O treinador tem uma grande história no América Mineiro, clube que teve a oportunidade de comandar em três vezes. Além de ser adorado por seus torcedores pelo acesso a elite do Brasileiro de 2010. Mauro ficou muito feliz com a volta da equipe mineira a Série A do Brasileiro.

“Tenho uma história no América e fiquei muito feliz com o retorno do clube a elite do Brasileiro e estamos torcendo para que tenha uma grande recuperação na competição e possa se manter na elite, pois é ali que esse grande clube tem que estar”, disse o treinador.