Portuguesa 0 x 1 Juventus - Moleque apronta e encerra jejum de 58 anos

A última vitória do Juventus sobre a Lusa no Canindpe havia sido no dia 23 de junho de 1958, quando ganhou por 3 a 2

por Agência Futebol Interior

São Paulo, SP, 03 (AFI) – Demorou 58 anos, mas o Juventus finalmente voltou a comemorar uma vitória no Canindé na noite desta quarta-feira. Com um gol isolado de Adriano Paulista no primeiro tempo, o Moleque Travesso aprontou fora de casa e venceu a Portuguesa, por 1 a 0, em partida válida pela segunda rodada do Campeonato Paulista da Série A2.

A última vitória do Juventus sobre a Lusa no Canindé havia sido no dia 23 de junho de 1958, quando ganhou por 3 a 2. O fim do tabu manteve o Moleque Travesso entre os primeiros colocados, com seis pontos em dois jogos. O time grená está atrás apenas do Santo André devido ao saldo de gols (6 contra 4). Já a Portuguesa ainda não venceu nenhuma partida nesta Série A2 e ocupa a modesta 12ª colocação, com apenas um ponto.

MOLEQUE NA FRENTE

A partida começou com os dois times se estudando bastante e, depois do Juventus levar perigo com Derli de cabeça, a Portuguesa cresceu na partida e criou duas boas oportunidades. Na primeira, Milton Júnior deixou um zagueiro para trás e chutou na rede pelo lado de fora. Depois, Dominic finalizou cruzado e ninguém apareceu para completar.

O Juventus acumulou a segunda vitória na Série A2 e segue entre os líderes
O Juventus acumulou a segunda vitória na Série A2 e segue entre os líderes

No entanto, quem abriu o placar no Canindé foi o Moleque Travesso, aos 21 minutos. Adriano Paulista recebeu livre na entrada da área e finalizou no cantinho de Douglas. Em desvantagem, a Portuguesa esboçou uma pressão e o adversário recuou bastante. Matteus arriscou de longe e a bola saiu sem perigo.

Aos 33, Boquita cruzou e por muito pouco Dominic não conseguiu completar. Na base do contra ataque, o Juventus teve duas oportunidades para ampliar, ambas com Natan, mas a zaga rubroverde levou a melhor. No último lance de perigo, Milton Júnior finalizou na saída do goleiro e André Astorga apareceu para tirar em cima da linha.

LUSA TENTA, MAS NADA

A Portuguesa voltou do intervalo com uma formação mais ofensiva, com Diego Gonçalves no lugar de Boquita, e criou a primeira oportunidade logo aos três minutos. Dominic fez boa jogada individual pela esquerda e cruzou para dentro da área, mas ninguém apareceu. A resposta do Juventus veio na sequência, com Adiel. O experiente jogador finalizou forte e Douglas defendeu.

Aos 13, Milton Júnior cruzou e Matteus cabeceou pela linha de fundo. Depois foi a vez de Dominic tentar de cabeça, mas a bola caprichosamente passou raspando a trave. O Juventus procurava controlar a bola e passou a abusar da cêra, irritando os torcedores e jogadores rubroverdes. No contra-ataque, por muito pouco Adiel não amplia.

A Lusa tentava de todas as formas, principalmente com Diego Gonçalves e Dominic, mas os atacantes não estavam em uma noite inspirada e pecavam na finalização. No último lance de perigo, aos 38, Diego Gonçalves chapelou o adversário e bateu na rede pelo lado de fora.

PRÓXIMOS JOGOS

Os dois times voltam a campo no próximo sábado, pela terceira rodada. A Portuguesa enfrenta o Paulista, às 17 horas, no Jayme Cintra, em Jundiaí. Já o Juventus recebe o Velo Clube, às 16 horas, na Rua Javari, em São Paulo.

Ficha Técnica

Fase
1ª Fase
Rodada
2ª rodada
Data
03/02/2016
Horário
20h00
Local
Estádio do Canindé - São Paulo (SP)
Árbitro
Márcio Roberto Soares

Assistentes
Wellington Bragantim Caetano e Thiago Henrique Almeida Alborghetti

Cartões Amarelos
Portuguesa: Milton Júnior, Matteus
Juventus: Elder Granja, Léo Souza

Gols
Juventus: Adriano Paulista 21' 1T
Portuguesa
Douglas;
Digão, Talis, Ferdinando e Luan Peres;
Renan Teixeira, Boquita (Diego Gonçalves), Moacir (Dionnatan) e Matteus (Guilherme);
Dominic e Milton Júnior.
Técnico: Estevam Soares.
Juventus
André Dias;
Rafael Ferro, Astorga, Borges, Paulo Victor (Renan);
Fellipe Nunes, Derli, Adriano Paulista e Adiel (Élder Granja);
Nathan e Léo Souza (Diogo).
Técnico: Rodrigo Santana.
 
 
" />