Paulista A2: Goleiro deixa a Portuguesa e diz que jogou com “vários meses de salário atrasado”

Em publicação no facebook, Tom anunciou seu desligamento, agradeceu o clube e citou momentos de dificuldade financeira

por Agência Futebol Interior

São Paulo, SP, 23 (AFI) - Ainda cercada de incertezas em relação à próxima temporada, a Portuguesa começou a oficializar as primeiras baixas do elenco. Nesta segunda-feira, o goleiro Tom anunciou seu desligamento do clube em uma publicação no Facebook. Ele é o segundo jogador a deixar a Lusa. Na última semana, o meia Dieguinho acertou sua transferência para o Juventude.

Em sua despedida, o goleiro agradeceu a instituição, mas também fez menção às dificuldades que passou devido à delicada situação financeira atravessada pelo clube. “Por muitas vezes entrei em campo com o salário atrasado (vários meses), mas isso nunca foi motivo para não buscar o melhor desempenho”, escreveu na rede social.

Tom não fica na Lusa para a disputa da A3 - Dorival Rosa/Portuguesa
Tom não fica na Lusa para a disputa da A3

Tom atuou algumas partidas como titular, mas foi reserva de Anderson em grande parte dos confrontos pela Série C do Campeonato Brasileiro. De qualquer maneira, um nome conhecido da torcida lusitana pode voltar ao clube para ser a principal opção na posição. Atual goleiro do Ceará, Tiago, que atuou pela Lusa em 2006 e 2007, afirmou ao Portal NetLusa que seus empresários foram procurados pela Portuguesa. Ele ficou conhecido por ser o “goleiro artilheiro” do time e marcou 13 gols com a camisa rubro-verde.

CONFIRA A CARTA DE DESPEDIDA DO GOLEIRO:

EMOÇÃO. SATISFAÇÃO. NOVAS PERSPECTIVAS
Essas três palavras resume muito bem o meu sentimento nesse momento ao começar a escrever.

EMOÇÃO ao lembrar os 7 anos que passei na Portuguesa. Cheguei em 2009 e cresci muito de forma profissional e pessoal. Conheci excelentes pessoas, outras nem tanto, mas o balanço é muito positivo. O importante é que fui muito feliz na Lusa, isso que me traz muita SATISFAÇÃO!!! Conquistei títulos, outras vezes não conseguimos atingir o nosso objetivo, mas uma coisa nunca faltou: determinação para honrar a camisa da Portuguesa. Por muitas vezes entrei em campo com o salário atrasado (vários meses), mas isso nunca foi motivo para não buscar o melhor desempenho.

Mas tudo na vida tem o seu começo e término. E o meu ciclo na Lusa se encerra em 2015. Acredito que a decisão de buscar um novo clube vai me ajudar profissionalmente, por isso, decidi escrever essa carta de agradecimento para você que torce para a Portuguesa ou então que acompanha a minha carreira. Estou em busca de NOVAS PERSPECTIVAS, mas ainda não posso revelar o meu próximo Caminho , mas assim que estiver 100% concretizado venho aqui anunciar.

Muito obrigado Portuguesa, se chorei ou se sorri, o importante é que me doei 100% e que posso dizer com muito orgulho que faço parte da história do clube.

 
 
" />