Santos-AP 1 x 3 Portuguesa – Brilha o estreante e Lusa elimina jogo de volta

Mateus Ortigoza fez a sua estreia marcando dois gols com a camisa da Lusa

por Gustavo Freitas

Macapá, AP, 04 (AFI) – No jogo que marcou a estreia do atacante Mateus Ortigoza com a camisa, a Portuguesa mostrou sua força e avançou na Primeira Fase da Copa do Brasil. Atuando no estádio Zerão, em Macapá, a Lusa eliminou o Santos-AP com uma vitória por 3 a 1, sendo dois gols do estreante na noite desta quarta-feira.

A Rádio Capital, de São Paulo, transmitiu a partida diretamente do estádio, com narração do narrador explosão, Paulo Sodate.

Como na Copa do Brasil, nas duas primeiras fases, o time visitante elimina o jogo de volta em caso de vitória por dois gols de diferença, a Lusa se garante na Segunda Fase da competição e aguarda o vencedor de Joinville x Ituano para conhecer o seu próximo adversário.

O JOGO
Atuando com um time misto, a Portuguesa demorou até que conseguisse encaixar o seu jogo, ainda dificultado com o gramado alto do estádio Zerão. Fazendo a sua estreia com a camisa da Lusa, o atacante Matheus Ortigoza era quem mais arriscava as jogadas, mas sem levar perigo ao goleiro Diego Cabral.

Portuguesa trouxe um belo resultado do Amapá
Portuguesa trouxe um belo resultado do Amapá

Aos 23 minutos, Ortigoza e Diego fizeram uma bonita tabela e rolaram para trás. Na chegada, Betinho arriscou o chute, mas foi travado na hora certa pelo volante Roberto, que conseguiu desviar para escanteio.

Na única vez que chegou com mais facilidade ao ataque, a Lusa abriu o placar. Em um rápido contra-ataque, Rudy Cardozo correu pela direita e tocou a boal dentro da área. Diego fintou o marcador e chutou forte e cruzado com o pé esquerdo, sem chances para o goleiro do Santos.

PARTIDA MELHORA
Com o placar adverso, o Santos voltou mais ligado, em busca do seu gol, deixando a partida bem mais interessante no segundo tempo. Em mais um contra-ataque, entretanto, foi a Portuguesa quem marcou o seu segundo gol. Aos onze minutos, Mateus Ortigoza recebeu sozinho dentro da área e de frente para o goleiro Diego Cabral, chutou a bola entre as pernas e saiu para a comemoração.

Como o resultado eliminava o jogo de volta, restou ao Peixe da Amazônia ir com tudo ao ataque e isso surtiu resultado. Aos 18 minutos, Roberto Batata cobrou o escanteio e o zagueiro Dedé subiu no terceiro andar para cabecear forte no canto do gol defendido por Rafael Santos, diminuindo o placar.

Aos 33 minutos, o Santos ficou próximo de empatar a partida. Depois de boa troca de passes no meio-campo, a bola chegou até André Cabeça. Ele conseguiu girar sobre Guilherme Almeida e chutar forte, mas a bola subiu demais e foi por cima do gol.

Se o time do Amapá não aproveitou a sua chance, a Lusa soube o que fazer. Aos 33 minutos, Filipi Souza levantou o escanteio para dentro da área e Guilherme Almeida desviou na primeira trave. Toda a defesa saiu e a bola sobrou para Mateus Ortigoza, que só teve o trabalho de tocar para o fundo das redes.

O Peixe da Amazônia por pouco não consegue o seu segundo gol aos 41 minutos. Luciano recebeu a bola de frente para o gol e chutou forte, mas Rafael Santos fez grande defesa, garantindo a classificação da Lusa.

Ficha Técnica

Fase
1ª Fase
Rodada
1ª rodada
Data
04/03/2015
Horário
19h30
Local
Estádio Zerão - Macapá (AP)
Árbitro
Wasley do Couto Leao (PA)

Assistentes
Marcio Gleidson Correia Dias (PA) e Inácio Barreto da Camara (AP)

Cartões Amarelos
Portuguesa-SP: Bruno Piñatares

Gols
Santos-AP: Dedé 18' 2T
Portuguesa-SP: Diego 38' 1T, Matheus Ortigoza 12' 2T, Matheus Ortigoza 33' 2T
Santos-AP
Diego Cabral;
Maicon Gaúcho (Guilherme), Wellington, Dinei e Carlinhos Maraú (Batata);
Sandro, Roberto e Raí (Jean Marabá);
Acosta, Luciano Marba e André Cabeça.
Técnico: Minga
Portuguesa-SP
Rafael Santos;
Filipi Souza, Alex Lima, Guilherme Almeida e Paulo Henrique;
Bruno Piñatares, Betinho, Rudy Cardozo (Marcelinho) e Leo Costa (Caíque);
Matheus Ortigoza e Diego (Jean Mota).
Técnico: Aílton Silva
 
 
" />