Série B: Portuguesa faz faxina e dispensa quase um time inteiro

O técnico Marcelo Veiga agora espera novos reforços para a sequência da Série B

por Agência Futebol Interior

São Paulo, SP, 17 (AFI) – Que a situação da Portuguesa não é fácil, não é novidade para ninguém. Na zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro da Série B, o clube ainda sofre com problemas na justiça contra a CBF e com problemas financeiros para pagar os salários aos seus atletas. Por isso, na reapresentação do elenco, nesta segunda-feira, a diretoria confirmou a dispensa de nove jogadores.

Entre a “lista de faxina” da Lusa estão três atacantes: Caion, Romão e Laércio. Os três costumavam revezar a titularidade. Com a saída deles, o elenco precisará ser reforçado, já que agora o técnico Marcelo Veiga tem apenas três opções na posição: Serginho, Caio Mancha e Marcelinho.

Além dos atacantes, deixaram o clube o goleiro Michel, os zagueiros Eduardo e Wágner, o volante Coutinho e os meias Rondinelli e Felipe Nunes. Todos sequer se reapresentaram nesta terça-feira e já foram informados pela diretoria que não fazem mais parte dos planos para a sequência da Série B.

Se nove deixam o clube, um está reintegrado. O goleiro Gledson, afastado por Argel Fucks, foi chamado de volta e será aproveitado pelo técnico Marcelo Veiga. O atual titular da posição, Tom, não vem agradando o torcedor e a comissão técnica.

A Portuguesa é a 18ª colocada, com nove pontos, na zona de rebaixamento.

 
 
" />