Para dar sorte? Homem dos 3 gols visita Ponte Preta antes do dérbi 199

Gigena ganhou uma camisa da Ponte com o número três, em referência aos três gols marcados no dérbi de 2003

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 04 (AFI) - Você não precisa explicar quem é Dario Gigena para os torcedores de Ponte Preta e nem de Guarani. O homem dos três gols visitou a Macaca em seu último treino antes do dérbi 199, que acontecerá nesta quarta-feira, às 21 horas, no Moisés Lucarelli, em Campinas, e ainda ganhou um mimo da Macaca.

Nesta terça-feira, Gigena ganhou uma camisa da Ponte com o número três, em referência aos três gols marcados no dérbi de 2003, e seu nome nas costas. Em 11 de outubro daquele ano, o argentino fez os três gols da vitória da Macaca, por 3 a 1, sobre o Guarani em pleno Brinco de Ouro da Princesa pelo Brasileirão.

Lembra dele, pontepretanos e bugrinos? (Foto: Diego Almeida/ PontePress)
Lembra dele, pontepretanos e bugrinos? (Foto: Diego Almeida/ PontePress)
Dario Gigena, que vestiu a máscara de um gorila nas comemorações dos gols, também atuou na Ponte Preta em 2011 e fez parte do time que venceu o dérbi na Série B por 2 a 0 e conquistou o acesso.

Agora, porém, a situação é diferente. A Macaca vem de três derrotas seguidas e pode ficar fora do mata-mata do Paulistão. Derrotada pelo Ituano, por 2 a 1, em Itu, a Ponte Preta parou na terceira colocação do Grupo B com dez pontos, a cinco da zona de classificação.

RETROSPECTO E TABU!
No retrospecto geral, o Guarani leva uma ligeira vantagem sobre o rival: são 67 contra 65 vitórias. Além disso, outros 65 dérbis terminaram empatados e há um resultado desconhecido, realizado em março de 1912. A Ponte Preta, porém, não perde o dérbi no Majestoso desde 2009. São quatro vitórias e dois empates.