Vândalos quebram vidro de ônibus da Ponte e estilhaços atingem jogador. VEJA VÍDEOS

Membros de torcidas organizadas estiveram na frente do Moisés Lucarelli após a derrota para a Inter de Limeira

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 27 (AFI) - Se os jogadores decepcionaram dentro de campo na derrota para a Internacional de Limeira, por 1 a 0, no Moisés Lucarelli, na noite desta segunda-feira, "torcedores" protagonizaram cenas lamentáveis fora do estádio.

O ônibus com jogadores e membros da comissão técnica acabou sendo cercado por membros de torcidas organizadas indignados com o tropeço em casa. Alguns deles estavam com pedaços de pau na mão e outros acabaram jogando pedras em direção aos vidros.

CORTES NA MÃO
O vidro de uma das janelas acabou sendo quebrado e os estilhaços acertaram o meia Vini Locatelli, que entrou no decorrer do segundo tempo. Os jogadores, inclusive, postaram em suas redes sociais fotos e vídeos da confusão com a seguinte mensagem:

"Repudiamos veementemente as atitudes covardes que supostos “torcedores” tiveram na saída do nosso ônibus após o jogo de hoje. Ameaçaram nossa integridade física e, diferentemente do que eles pensam, essa conduta não nos motiva.

Exigimos respeito aos atletas e comissão da Ponte Preta, pois damos nosso melhor em prol do clube. Isso é inaceitável. Até quando teremos de lidar com ameaças absurdas no meio do futebol brasileiro? Basta!".

Vini Locatelli foi atingido por estilhaços de vidro após pedrada no ônibus
Vini Locatelli foi atingido por estilhaços de vidro após pedrada no ônibus

PONTE PRETA SE PRONUNCIA
Em comunicado oficial, a Ponte Preta criticou a "ação absurda de pessoas que atacaram o ônibus" e prometeu colaborar com a polícia para que os responsáveis sejam identificados. O clube, inclusive, enviou as imagens para a polícia.

"A Associação Atlética Ponte Preta repudia veementemente a ação absurda de pessoas que atacaram o ônibus da equipe após o jogo da noite desta segunda-feira e, entre outras ações, quebraram o vidro do ônibus, cujos estilhaços causaram escoriações nos atletas e feriram o meia Locatelli.

"A Ponte acionou as autoridades, está disponibilizando todas as imagens para a polícia e vai colaborar e atuar para que os responsáveis sejam identificados e exemplarmente punidos nas formas da lei", disse a Macaca em nota oficial.

SITUAÇÃO NA TABELA
A derrota para a Internacional de Limeira não permitiu que a Ponte Preta assumisse a vice-liderança do Grupo B do Paulistão. Com dez pontos, a Macaca segue na terceira colocação.

O próximo jogo dos comandados de Fabinho Moreno será na quinta-feira, contra o Mirassol, novamente no Estádio Moisés Lucarelli, pela nona rodada.

VEJA VÍDEOS DO MOMENTO DA PEDRADA:

Espaço incorporado por HTML (embed)