Médico da Ponte comenta volta aos treinos do goleiro Ivan: "Ele está em boa evolução"

O médico Felipe Abreu, falou sobre a volta de Ivan e a recuperação de outros jogadores. O goleiro deve voltar a treinar em duas semanas

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 31 (AFI) - Sem entrar em campo desde outubro de 2020, o goleiro Ivan deve ser liberado para treinar normalmente em até duas semanas. A informação é do médico da Ponte Preta, Felipe Abreu.

Ivan passou por cirurgia em novembro do ano passado para corrigir uma lesão no punho direito e vem realizando trabalhos específicos no CT há quase um mês. O arqueiro é um dos ídolos da equipe alvinegra.

Foto: Diego Almeida / Ponte Press
Foto: Diego Almeida / Ponte Press

EVOLUINDO

O médico da Macaca comentou sobre sua recuperação e expectativa para voltar a treinar normalmente.

"Ele está em boa evolução, sem queixa de dor, uma recuperação quase que total. Nas últimas quatro semanas ele vem fazendo trabalhos técnicos no campo, acho que em uma ou duas semanas ele já deve estar liberado para os treinos sem restrições. Ele deve passar no médico que operou nessa semana ainda ou na próxima", disse Abreu.

LESÕES NA EQUIPE

Além de Ivan, a Ponte está com outros problemas no departamento médico. Felipe Abreu também comentou sobre a situação dos outros atletas que ainda não foram recuperados. O meio-campista Renan Mota, o atacante Paulo Sérgio e o zagueiro Ednei.

O zagueiro Rayan é o único que já está de volta às atividades da Macaca sem restrição alguma.

Foto: Diego Almeida / Ponte Press
Foto: Diego Almeida / Ponte Press

"O Paulo e o Renan tiveram lesões musculares na coxa, já encerraram o tratamento no departamento médico e iniciaram essa semana a transição. Estão apresentando boa evolução, sem intercorrência. O Ednei teve um entorse no tornozelo durante um treino, está melhor, mas ainda finalizando os últimos trabalhos no departamento médico. Mais alguns dias acredito que poderá iniciar o processo de transição", comentou o médico.

PROTOCOLO MAIS CONFIÁVEL

O médico também falou sobre o novo protocolo que está em vigor dentro do clube.

"A mudança e a atualização do protocolo, com adoção de medidas mais rígidas, foram fundamentais. Além disso, quanto menos você aglomera, seja numa viagem ou fora daqui, diminui a chance de transmissão. Todas as pessoas envolvidas têm responsabilidade. Cumprir o protocolo é uma responsabilidade de todos os envolvidos.", disse.

PRÓXIMO JOGO

O próximo compromisso da Macaca está marcado para o dia oito, quinta-feira, contra o Criciúma, pela segunda fase da Copa do Brasil.