Embora ativa no YouTube, Ponte perde seguidores nas redes sociais pelo segundo mês

Ranking Digital de Clubes registrou queda de 334 seguidores nas plataformas digitais em maio

por Lucas Rossafa

Campinas, SP, 04 (AFI) - A paralisação do futebol nacional em virtude da pandemia do novo coronavírus não tem sido boa para a Ponte Preta nas redes sociais.

Além do prejuízo financeiro milionário durante a quarentena, a Macaca amargou, pelo segundo mês consecutivo, queda no número combinado de seguidores em quatro plataformas digitais - Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.

Ponte Preta perdeu 334 seguidores no mês de maio
Ponte Preta perdeu 334 seguidores no mês de maio

De acordo com o Ranking Digital de Clubes, divulgado mensalmente pelo Ibope/Repucom, time campineiro registrou perda de 334 fãs nos 31 dias de maio.

Embora tenha movimentado a PonTV, a queda foi de 0,05% dos adeptos. Por outro lado, a Alvinegra soma 584.657 pessoas em quatro mídias, mantendo-se em 28º lugar entre os times do futebol brasileiro.

No mês passado, Ponte trouxe novidades ao canal do YouTube com reprise de jogos históricos (Guarani e Náutico), apresentação dos três primeiros reforços junto aos sócios-torcedores e um bate-papo com colecionadores de camisas, o que proporcionou alta interação e ganho de 500 inscritos.

Além da Nega Véia, outros 13 clubes amargaram queda de seguidores em maio: Chapecoense (5.567), Red Bull Bragantino (3.565), Íbis Sport Club (2.836), Red Bull Brasil (2.269), Audax Osasco (2.034), Figueirense (1.778), Criciúma (1.012), Sampaio Corrêa (544), Paraná (386), Londrina (371), Atlético-GO (276), América-MG (118) e Brasil de Pelotas (102).