Preso no sábado, Piá estaria envolvido em mais 8 furtos a caixas eletrônicos

O ex-jogador vinha sendo monitorado pela Polícia Civil e foi pega em flagrante em Cordeirópolis, no sábado

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 24 (AFI) – Preso neste sábado, em Cordeirópolis, no interior de São Paulo, o ex-meia Piá ainda terá muito o que explicar na Justiça. Além do flagrante por furto de depósitos em caixas eletrônicos, a Polícia Civil investiga o envolvimento do ex-jogador em outros oito furtos a agências bancárias.

Piá já vinha sendo investigado por participar de uma organização criminosa que cometia crimes contra agências de bancos em cidades do interior de São Paulo e de Minas Gerais.

O grupo costuma aplicar um golpe utilizando uma ferramenta artesanal que puxa os envelopes de dentro dos caixas eletrônicos, em ação criminosa conhecida como ‘pesca’.

Piá foi preso em flagrante no último sábado
Piá foi preso em flagrante no último sábado
Segundo investigação da Polícia, as ações do grupo já teriam acontecido em Campinas, Santa Gertrudes, Valinhos, Vinhedo e Nova Odessa, todas cidades paulistas, além de Pouso Alegre, em Minas Gerais.

Os criminosos foram flagrados pelas câmeras de monitoramento de um dos bancos em que atuaram e, desde então, vem sendo monitorados pela Polícia, que conseguiu surpreendê-los em flagrante.

Essa foi a quarta vez que Piá foi preso por crimes desse tipo. Desde 2014, o ex-jogador coleciona passagens pela Polícia, sempre por assaltos e furtos a caixas eletrônicos.