Três das sete derrotas da Ponte Preta em 2020 apresentam roteiro idêntico; entenda

Macaca é a lanterna do Campeonato Paulista, mas tem classificação encaminhada na Copa do Brasil

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 25 (AFI) - Três das sete derrotas sofridas pela Ponte Preta na atual temporada revelam um cenário cruel em comum.

Diante de Santo André, Internacional de Limeira e Guarani, a Macaca abriu o placar no primeiro tempo, mas sofreu a virada depois do intervalo, o que impacta diretamente na lanterna do Campeonato Paulista.

Os demais tropeços do time campineiro neste ano foram contra Palmeiras (1 a 0), Ituano (1 a 0), São Paulo (2 a 1) e Red Bull Bragantino (2 a 1) - na Copa do Brasil, torneio no qual tem classificação encaminhada à quarta fase, está invicta.

Três das sete derrotas da Ponte no ano foram de virada - Álvaro Júnior / AA Ponte Preta
Três das sete derrotas da Ponte no ano foram de virada
Em 2019, time campineiro colecionou quatro derrotas de virada, curiosamente todas na Série B do Campeonato Brasileiro, na condição de visitante e ainda pelo mesmo placar: Bragantino (2 a 1) e Vitória (2 a 1) no turno e Operário (2 a 1) e Sport (2 a 1) no returno.

TABELA

Com seis derrotas nos sete últimos jogos do Estadual, a Ponte amarga a 16ª campanha e vive situação dramática a duas rodadas do fim.

Os comandados de João Brigatti, assim que a pandemia do Covid-19 for solucionada, têm pela frente Novorizontino (c) e Mirassol (f). A meta, é claro, garantir permanência na primeira divisão.

"Nós temos de ter responsabilidade. Se o campeonato voltar, são esses atletas que estão disponíveis hoje. São eles quem vão entrar em campo, seja contra o Novorizontino, seja contra o Mirassol", declarou o presidente Sebastião Arcanjo, ao microfone da Rádio Central de Campinas.

"Então é um momento difícil de tomada de decisão, mas a estrutura do futebol brasileiro e mundial também vão passar por muitas modificações depois dessa crise. Eu acho que o descontentamento verificado hoje é proporcional à expectativa gerada. Nós montamos um time com a intenção de brigar por coisas grandes", finalizou o mandatário.