Paulistão: Brigatti lamenta falta de opções no elenco da Ponte Preta

A diretoria dormiu no ponto e deixou duas vagas em aberto na lista de inscrição da primeira fase

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 19 (AFI) - João Brigatti falou o que todo mundo já sabia. Em entrevista à Rádio Central, de Campinas, o treinador lamentou as poucas opções que tem à disposição no atual elenco da Ponte Preta.

Contratado durante o Paulistão para o lugar de Gilson Kleina, João Brigatti procurou elogiar a qualidade dos jogadores que estão no grupo, mas mostrou sua insatisfação com a quantidade de opções. Isso fica claro nas mudanças durante os jogos.

No dérbi, por exemplo, a Ponte Preta vencia o Guarani por 2 a 0, mas os jogadores cansaram no segundo tempo. Aí, João Brigatti foi obrigado a fazer mudanças. O time caiu muito de rendimento e acabou sofrendo a virada por 3 a 2.

João Brigatti lamentou as poucas opções na Ponte Preta (Foto: Álvaro Jr./Ponte Press)
João Brigatti lamentou as poucas opções na Ponte Preta (Foto: Álvaro Jr./Ponte Press)
"A gente tem um elenco um tanto quanto limitado. Poderíamos ter um pouco mais de atletas, mas não temos. Lógico que as opções são reduzidas e você precisa de tempo para conhecer os atletas, ver quem casa com quem, principalmente quando muda o estilo de jogo. Mas são jogos em cima de jogos", afirmou Brigatti.

NA CONTA DA DIRETORIA

Vale lembrar que a diretoria pontepretana, "esnobando" os riscos de rebaixamento no Paulistão e procurando guardar dinheiro para a Série B do Brasileiro, não foi ao mercado preencher as duas vagas que ficaram em abertas na lista de inscritos.

Por outro lado, times que estão na luta com a Macaca contra o rebaixamento, como Botafogo e Oeste, contrataram jogadores e mostraram evolução desde então no campeonato.

PRECISA REFORÇAR!
Com grandes chances de ser rebaixada para a Série A2 - é a lanterna na classificação geral - se o Paulistão for retomado por conta da pandemia do coronavírus, a Ponte Preta tem ainda pela frente a Série B do Brasileiro.

"Com trabalho e fortalecendo o grupo, a Ponte pode fazer um bom Brasileiro e conquistar o sonhado acesso", finalizou o otimista treinador alvinegro.