Com adiamento das Olimpíadas, Ivan vê participação em Tóquio sob risco

Por pandemia do coronavírus, competição foi postergada pelo COI para 2021

por Lucas Rossafa

Campinas, SP, 24 (AFI) - Por pandemia do Covid-19, o novo coronavírus, os Jogos Olímpicos de Tóquio 2020 estão adiados para o próximo ano.

A prorrogação confirmada oficialmente pelo Comitê Olímpico Internacional (COI), nesta terça-feira, entretanto, pode vetar participação de Ivan, titular da categoria sub 23, por ultrapassar o limite de idade.

Adiamento das Olimpíadas pode prejudicar participação de Ivan - Álvaro Júnior / AA Ponte Preta
Adiamento das Olimpíadas pode prejudicar participação de Ivan

O arqueiro da Ponte Preta completa 24 anos em fevereiro de 2021, mas ainda há possui um fio de esperança.

Isso porque a Fifa planeja estudar se altera ou não essa restrição aos atletas que vão disputar a competição de futebol masculino - cada seleção pode convocar três atletas 'acima da idade'.

Neste cenário, concorrem às vagas: o goleiro Alisson e Ederson, os zagueiros Marquinhos e Thiago Silva e os atacantes Neymar e Roberto Firmino, por exemplo.

A entidade máxima do futebol mundial tem em mente não punir os jogadores já 'no limite' com o adiamento das Olimpíadas. A alternativa, em virtude do problema de saúde mundial, é aumentar para 24 anos.

COMPLICOU

Com a postergação para 2021, 11 dos 23 jogadores convocados pelo técnico André Jardine em 06 de março estariam, então, impedidos de viajar ao Japão - a lista não inclui Ivan, titular do Torneio Pré-Olímpico na Colômbia, por ter sido lembrado por Tite, no elenco principal.

Entre os nomes mais populares dessa lista estão os meias Lucas Paquetá (Milan) e Matheus Henrique (Grêmio.