Paulistão: Ponte lamenta violência no Majestoso e cede imagens às autoridades

Depois do fim do jogo contra o Palmeiras, lado externo do Estádio Moisés Lucarelli foi tomado por confusão

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 10 (AFI) - Dois dias depois da derrota diante do Palmeiras, a Ponte Preta se pronunciou, por meio de nota divulgada à imprensa, a respeito da confusão no lado externo do Estádio Moisés Lucarelli, no último sábado à noite.

"A Diretoria Executiva da Ponte Preta repudia e lamenta as cenas de violência ocorridas fora do estádio Moisés Lucarelli após o jogo do último sábado e se solidariza com as vítimas do ocorrido", declara.

Ponte lamenta violência no Majestoso e cede imagens às autoridades
Ponte lamenta violência no Majestoso e cede imagens às autoridades

"A instituição já cedeu todas as imagens das câmeras externas do estádio para que a investigação sobre o episódio possa ser levada a termo e os responsáveis, identificados e responsabilizados", emenda.

NADA A VER

De acordo com a Macaca, as informações divulgadas pela imprensa de que o carro do árbitro Douglas Marques das Flores, criticado por não marcação de pênalti(s) contra o Verdão, não são corretas.

"Também cabe informar que, diferentemente do que chegou a ser divulgado de maneira equivocada por alguns veículos de mídia via internet, não houve nenhum apedrejamento do carro do árbitro da partida nem nenhuma violência física direcionada ao juiz. Tal fato não consta da súmula e a Ponte Preta entrou em contato direto com o árbitro, que negou qualquer ocorrência do gênero", informou.

"Por fim, ainda em relação à arbitragem, a Ponte Preta informa que registrou protesto contra os erros ocorridos na partida junto à Federação Paulista de Futebol para que sejam tomadas providências pelo órgão responsável pela competição", finalizou.

Mercado da Bola
Ponte Preta-SP
Elenco ainda não definido
  • Goleiros

    Guilherme, Ivan, Luan, Pedrão e Ygor Vinhas

  • Laterais

    Guilherme Lazaroni, Jeferson, Matheus Alexandre e Yuri

  • Zagueiros

    Alisson, Cléber Reis, Henrique Trevisan, Léo, Wellington Carvalho

  • Volantes

    Bruno Reis, Danrley, Dawhan e Vander

  • Meias

    João Paulo e Vinicius Zanocelo

  • Atacantes

    Alisson Safira, Apodi, Bruno Rodrigues, Felipe Saraiva, João Veras, Mateus Anderson e Roger

  • Técnico

    Gilson Kleina