Paulistão: Mesmo irregular, Ponte Preta quebra jejum ofensivo de 12 anos; entenda

Macaca não abria o placar nos quatro primeiros jogos da temporada desde 2008

por Lucas Rossafa

Campinas, SP, 07 (AFI) - Apesar da oscilação no início do Campeonato Paulista, com duas vitórias, duas derrotas e 50% de aproveitamento, a Ponte Preta tem uma marca positiva a ser celebrada.

Afinal, Macaca não abria uma temporada inaugurando o placar por quatro jogos em sequência desde 2008.

Com dois gols, Roger é o artilheiro da Ponte no ano - Álvaro Júnior / AA Ponte Preta
Com dois gols, Roger é o artilheiro da Ponte no ano

No ano do vice-campeonato regional, Alvinegra viu o sistema ofensivo iniciar participação no Estadual 'on fire' com triunfos em cima de Ituano (4 a 2), Paulista (2 a 1), Mirassol (3 a 2) e São Caetano (3 a 0) e campanha perfeita até então.

A sequência, à época sob comando do técnico Sérgio Guedes, foi interrompida com derrota diante do Bragantino, por 3 a 1, no Estádio Nabi Abi Chedid - na ocasião, Massa Bruta anotou três de uma vez e viu Renato Cajá descontar por volta de 40 minutos do segundo tempo.

PRESENTE

Agora na batuta de Gilson Kleina, time campineiro ainda não teve o dissabor de ver o adversário tirar o zero do placar.

Curiosamente, nos embates contra Santo André (2 a 3), Botafogo-SP (1 a 0), Corinthians (2 a 1) e Internacional de Limeira (1 a 2), Alvinegra conseguiu dar alegria à torcida primeiro do que o rival.

A meta é manter o viés de alta do ataque para despachar o Palmeiras, neste sábado, às 19h30, no Estádio Moisés Lucarelli.