Paulistão: Cléber Reis é preterido por Wellington Carvalho e deve perder vaga na Ponte

Após começar temporada em baixa, zagueiro ficou no banco de reservas na derrota diante do Palmeiras

por Lucas Rossafa

Campinas, SP, 10 (AFI) - Cléber Reis não teve o início dos sonhos em sua segunda passagem com a camisa da Ponte Preta.

Surpresa na escalação de Gilson Kleina na estreia do Campeonato Paulista, o zagueiro atuou nas quatro partidas oficiais da temporada, mas não deixou boa impressão.

Lento, sem ritmo de jogo e com dificuldades na saída de bola, beque cometeu pênalti infantil na derrota diante do Santo André e foi bem criticado pela torcida nas demais participações.

Cléber Reis deve perder a titularidade na Ponte Preta - Luiz Guilherme Martins / PontePress
Cléber Reis deve perder a titularidade na Ponte Preta

A tendência natural é que, a partir de agora, o xerife perca a titularidade.

Afinal, no sábado, no revés frente o Palmeiras, Kleina bancou Wellington Carvalho entre os iniciais e a aposta deu conta do recado.

"Wellington Carvalho jogou pelo volume de jogos em 12 dias. Entendi que o Cléber Reis também precisava dar uma oxigenada", explicou Kleina, em entrevista coletiva.

ANTES...

Vale lembrar que o Wellington foi titular em toda pré-temporada, enquanto Cléber se recuperava de desequilíbrio muscular.

Ele esteve entre os titulares nos dois jogos-treinos, diante de Desportivo Brasil e Capivariano, clube no qual marcou de cabeça e assegurou a vitória por 1 a 0, em Bragança Paulista.

E AGORA?

Após duas derrotas consecutivas no Campeonato Paulista, a Ponte Preta vira a chave e concentra as atenções na Copa do Brasil.

A estreia do time campineiro no torneio mata-mata acontece na quinta-feira, 13 de fevereiro, quando encara o Novo Hamburgo, no Estádio do Vale, às 19h15, em decisão de jogo único.

Mercado da Bola
Ponte Preta-SP
Elenco ainda não definido
  • Goleiros

    Guilherme, Ivan, Luan, Pedrão e Ygor Vinhas

  • Laterais

    Guilherme Lazaroni, Jeferson, Matheus Alexandre e Yuri

  • Zagueiros

    Alisson, Cléber Reis, Henrique Trevisan, Léo, Wellington Carvalho

  • Volantes

    Bruno Reis, Danrley, Dawhan e Vander

  • Meias

    João Paulo e Vinicius Zanocelo

  • Atacantes

    Alisson Safira, Apodi, Bruno Rodrigues, Felipe Saraiva, João Veras, Mateus Anderson e Roger

  • Técnico

    Gilson Kleina