Paulistão: Ponte Preta monta lista de dispensa e detalha reformulação do elenco para 2020

Antes de oficializar contratação de jogadores, Macaca define os nomes que não terão vínculos renovados para o próximo ano

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 04 (AFI) - Uma semana depois do encerramento da Série B do Campeonato Brasileiro, a Ponte Preta se pronunciou oficialmente a respeito do planejamento de 2020.

O elenco passou por após análise criteriosa da comissão de futebol profissional, criada pelo presidente Sebastião Arcanjo. O órgão é formado também por Gustavo Bueno (executivo de futebol), Gilson Kleina (treinador), Hélio Kazuo (vice-presidente), Fábio Abdalla (diretor financeiro), Sérgio Carnielli (presidente de honra) e Vanderlei Pereira (ex-presidente).

De olho no Campeonato Paulista, a Macaca definiu as situações do atual grupo e confirmou quem deve permanecer ou não para o ano que vem. Veja mais detalhes abaixo:

Atletas com contrato vigente e garantidos no Paulistão: os goleiros Ivan, Luan, Guilherme e Ygor Vinhas, além do volante Camilo e do atacante Roger.

Jogadores da base promovidos ao time profissional: o zagueiro Léo, o volante Danrley e o meia-atacante Vinícius Zanocelo.

Ponte faz limpa no elenco para 2020 - Álvaro Júnior / AA Ponte Preta
Ponte faz limpa no elenco para 2020
Já o lateral-esquerdo Isac volta à base e será observado na Copa São Paulo de Futebol Júnior, assim como os demais jogadores do plantel sub-20.

QUEM PODE FICAR?

Há três nomes na pauta da diretoria e com possível desfecho positivo. São os casos do zagueiro Henrique Trevisan - já foi encaminhada proposta de prorrogação do contrato de empréstimo ao representante Nenê Zini e ao Estoril, de Portugal - e do lateral-direito Matheus Alexandre (aguarda posicionamento do Corinthians).

O caso mais aguardo, entretanto, é do meia Renato Cajá: as partes têm interesse na renovação, mas depende da anuência do Juventude, o qual detém o passe do atleta até o final de 2020.

QUEM VOLTA?

Quatro nomes retornam ao Moisés Lucarelli no início de janeiro para integrar as atividades na pré-temporada.

A Ponte está finalizando o processo da rescisão antecipada do contrato de Reynaldo - deve se transferir ao Juventude.

O lateral-direito Jeferson e o atacante Felipe Saraiva serão integrados ao elenco do Paulista, enquanto o atacante Marlyson deve ser emprestado novamente ou pode ter contrato rescindido.

QUEM NÃO FICA?

Inúmeros atletas não terão contrato renovado. Trata-se dos zagueiros zagueiros Renan Fonseca, Reginaldo e Airton, dos laterais Arnaldo, Edílson e Guilherme Guedes, dos volantes Washington e Lucas Mineiro, dos meias Ángelo Araos e Everton e dos atacantes: Dadá e Tiago Marques.

TEM CONTRATO, MAS FORA DOS PLANOS:

O meia-atacante Matheus Marcondele não interessa. A Macaca está negociando rescisão antecipada do contrato de empréstimo, mas ainda não há posição oficial por parte do Audax Osasco.

A mesma situação é vivenciada pelo atacante João Carlos (Sampaio Corrêa-RJ) e Vico (Grêmio). O Flamengo também já deu anuência para rescisão antecipada de Bill.