Série B: Derrota em Recife confirma pior campanha da Ponte Preta no atual formato

Sem vencer há dez rodadas, Macaca segue em queda livre na tabela com apenas 44 pontos

por Lucas Rossafa

Campinas, SP, 22 (AFI) - A derrota diante do Sport, de virada, na Ilha do Retiro, teve sabor amargo em dose dupla à Ponte Preta.

Além de viver o maior jejum dos últimos três anos, sem vencer há dez rodadas, a Macaca sacramentou a pior campanha nos pontos corridos da Série B do Campeonato Brasileiro, cujo formato foi introduzido a partir de 2006.

Em 14º lugar e estacionado nos 44 pontos, o time de Campinas não consegue superar os 48 tentos contabilizados em 2010, até então o pior desempenho na segunda divisão nacional

Com pior campanha da história, Ponte passa longe do acesso - Anderson Stevens / Sport Recife
Com pior campanha da história, Ponte passa longe do acesso

RELEMBRE AS CAMPANHAS:

- 69 pontos (2014)*

- 63 pontos (2011)*

- 60 pontos (2018)

- 58 pontos (2008)

- 52 pontos (2009)

- 52 pontos (2007)

- 48 pontos (2010)

- 44 pontos (2019) - há ainda mais um jogo

*anos do acesso

E AGORA?

A Ponte Preta, livre do rebaixamento, apenas cumpre tabela na última rodada, quando recebe o Brasil de Pelotas, na próxima terça-feira, às 19h, no Estádio Moisés Lucarelli.

O técnico Gilson Kleina tem os desfalques de Renan Fonseca, Marquinhos e Vico, todos suspensos. Em contra partida, o goleiro Ivan e o volante Washington devem retornar ao time titular.

Mercado da Bola
Ponte Preta-SP
Elenco ainda não definido
  • Goleiros

    Guilherme, Ivan, Luan, Pedrão e Ygor Vinhas

  • Laterais

    Guilherme Lazaroni, Jeferson, Matheus Alexandre e Yuri

  • Zagueiros

    Alisson, Cléber Reis, Henrique Trevisan, Léo, Wellington Carvalho

  • Volantes

    Bruno Reis, Danrley, Dawhan e Vander

  • Meias

    João Paulo e Vinicius Zanocelo

  • Atacantes

    Alisson Safira, Apodi, Bruno Rodrigues, Felipe Saraiva, João Veras, Mateus Anderson e Roger

  • Técnico

    Gilson Kleina