Série B: Por desgaste físico, Renato Cajá deve desfalcar a Ponte Preta em Barueri

Aos 35 anos, meio-campista foi titular nas quatro últimas rodadas e deve ser preservado pela comissão técnica

por Lucas Rossafa

Campinas, SP, 11 (AFI) - Gilson Kleina ganhou um problema inesperado na Ponte Preta. No último treinamento no Moisés Lucarelli antes de viajar a Barueri, onde enfrenta o Oeste, nesta sexta-feira, às 21h30, Renato Cajá tornou-se figura incerta na partida válida pela 28ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro.

O meia foi a campo no início da atividade, ainda no aquecimento do elenco, quando a imprensa teve acesso, e conversou separadamente com o treinador e o fisiologista. Na sequência, porém, desceu aos vestiários.

Por questão física, Renato Cajá deve desfalcar a Ponte Preta diante do Oeste - Álvaro Júnior / PontePress
Por questão física, Renato Cajá deve desfalcar a Ponte Preta diante do Oeste

Titular nas quatro últimas rodadas, o atleta deve ser preservado por questão física de olho - atuou em 323 minutos dos 360 possíveis desde seu retorno.

Além do desgaste natural, até por conta do calendário implacável, a comissão técnica pretende preservá-lo para evitar algum tipo de lesão muscular e tê-lo com fôlego renovado nos duelos contra Atlético-GO (f) e Bragantino (c), candidatíssimos ao acesso, na próxima segunda-feira e sábado, respectivamente.

Sem Cajá, aos 35 anos, Kleina tem duas alternativas para o setor de criação alvinegro: Ángelo Araos, recém-contratado junto ao Corinthians, e Rafael Longuine, recuperado de lesão muscular.

O jogador marcou o primeiro gol nesta quinta passagem pelo clube ao abrir o caminho, de pênalti, na vitória em cima do Londrina, por 3 a 1 - são 44 bolas na rede em 169 participações pela Macaca.