Joia é convocada por André Jardine e desfalca Ponte Preta em três jogos na Série B

Ivan estará integrado ao elenco sub-23 para amistosos contra Venezuela e Japão, em outubro, no Recife

por Lucas Rossafa

Campinas, SP, 20 (AFI) - A expectativa transformou-se em realidade: pela segunda vez na carreira, Ivan foi convocado por André Jardine à Seleção Olímpica Brasileira.

O goleiro da Ponte Preta vai integrar o elenco na disputa dos amistosos contra Venezuela e Japão, em 10 e 14 de outubro, respectivamente, em Recife - briga por posição com Cleiton (Atlético-MG) e Daniel Fuzato (Roma).

Desta forma, o arqueiro desfalca a Macaca em três rodadas na sequência da Série B do Campeonato Brasileiro: Londrina (c), Oeste (f) e Atlético-GO (f) - Ygor Vinhas é a opção imediata.

Ivan é convocado por André Jardine à Seleção Olímpica - Lucas Figueiredo / CBF
Ivan é convocado por André Jardine à Seleção Olímpica

Vale lembrar que Ivan já vestiu a Amarelinha duas vezes nesta temporada. No primeiro semestre, foi campeão do Torneio de Toulon, na França. O atleta, titular em quatro dos cinco jogos na Seleção Olímpica, foi decisivo na final diante do Japão, quando defendeu um pênalti, o que faz ser o favorito para vestir a camisa 1 nas partidas em solo nordestino.

Sob comando de Tite, o jogador do time campineiro foi a terceira opção nos amistosos contra Colômbia e Peru, nos Estados Unidos, em setembro.

"Foi uma experiência muito boa, com grandes jogadores, campeões mundiais e conhecidos mundialmente. Aprendi muito, vou levar para o resto da minha vida. Trabalhar com o goleiro que é considerado um dos melhores da Europa, o Éderson, e estar com o Taffarel é incrível. Será muito bom para a minha carreira seguir em frente na busca de voos maiores", celebrou, na semana passada.

PANORAMA

Com Ivan de titular, a Ponte Preta volta a campo na próxima quarta-feira, quando visita o Paraná, no Estádio Durival de Britto, às 19h15, em duelo válido pela 24ª rodada do torneio nacional.

Sem vencer há três rodadas com Gilson Kleina, equipe de Campinas busca reabilitação em Curitiba para não se desgarrar do G4 - a distância atual é de cinco pontos.