Após ascensão meteórica no profissional, Camilo renova com a Ponte Preta até o fim de 2022

Destaque na Copa SP, volante foi promovido por Jorginho e já soma 11 participações nesta Série B

por Lucas Rossafa

Campinas, SP, 07 (AFI) - Para evitar assédio e negociação precoce, a Ponte Preta renovou, nos últimos dias, o vínculo de Camilo, já regularizado no Boletim Informativo Diário (BID), até o fim de 2022, em negociação conduzida pelo executivo Gustavo Bueno - o anterior era válido até 30 de junho de 2020.

O volante vive ascensão meteórica na carreira. Após bom desempenho individual na Copa São Paulo de Futebol Júnior de 2019, apesar de eliminação na 2ª fase, o garoto chamou atenção de Jorginho nos treinamentos das categorias de base e foi promovido ao profissional após consenso entre comissão técnica e diretoria, representada por Felipe Loureiro, gerente de futebol.

Sem espaço no Campeonato Paulista, o atleta de 20 anos foi relacionado no confronto diante do Vila Nova, em Goiânia, válido pela 3ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, mas não saiu do banco.

A primeira oportunidade, porém, foi no jogo seguinte, na vitória em cima do Operário, em 17 de maio. Até então desconhecido, recebeu 22 minutos para mostrar serviço e correspondeu com participação decisiva ao construir a jogada do gol, marcado por Rafael Longuine, nos acréscimos.

A partir de então, Camilo ganhou mais prestígio com o treinador e o carinho da torcida. Prova disso é que, com regularidade, foi titular nos dez últimos compromissos do torneio nacional e marcou dois gols - Cuiabá e Oeste.

De aposta a titular absoluto: Camilo renova com a Ponte Preta até o fim de 2022 - Álvaro Júnior / PontePress
De aposta a titular absoluto: Camilo renova com a Ponte Preta até o fim de 2022

DIVISÃO DO PASSE

A Ponte Preta, por filosofia de gestão, não tem como hábito divulgar o valor da multa rescisória dos seus ativos.

De acordo com Camilo, todavia, em entrevista à Rádio 1900, veículo institucional do clube, antes da pausa para a Copa América, a Macaca é dona de 100% dos direitos econômicos, o que pode projetar bom lucro em negociação futura.

PRECAUÇÃO

A renovação contratual também pode ser vista como um escudo campineiro contra investidas de grandes clubes. No fim de julho, por exemplo, o lateral-esquerdo Abner foi vendido ao Athletico-PR por R$ 10 milhões, mediante pagamento da multa, para aliviar as finanças.

Outro 'talismã' alvinegro é Ivan. O goleiro, titular absoluto desde janeiro de 2018 e com convocação à Seleção Brasileira de base, tem 90% do passe vinculado ao clube e multa de R$ 20 milhões. O camisa 1 é alvo do futebol italiano, além de ter recebido sondagens de Corinthians e Palmeiras no primeiro semestre.