Mario Teixeira recebe das mãos de Carnielli projeto da Arena da Ponte e o aprova

O estádio será 'padrão Fifa' e terá capacidade para 22 mil torcedores, um sucesso entre os torcedores da Macaca

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 08 (AFI) - Mário Ponte Preta, ilustre torcedor da Macaca, conheceu o projeto da Arena da Ponte, o novo e moderno estádio de futebol do clube, com capacidade para 22 mil pessoas, teto retrátil, com todas as disposições e padrão FIFA em comodidade e segurança, além de muito mais.

Espaço incorporado por HTML (embed)

Um grupo de representantes do clube, integrado por Sergio Carnielli, Presidente de Honra da A.A.P.P.; Sebastião Arcanjo, Vice-presidente da A.A.P.P.; Tagino Alves dos Santos, Presidente do Conselho Deliberativo da A.A.P.P.; e Eduardo Lacerda, conselheiro e coordenador do projeto da Arena da Ponte, esteve na sede do Audax, em Osasco, para apresentar a novidade ao Mário Ponte Preta, cujo nome verdadeiro é Mário Teixeira.

Eduardo Lacerda, Tiãozinho, Mário Ponte Preta, Tagino e Carnielli - Reprodução
Eduardo Lacerda, Tiãozinho, Mário Ponte Preta, Tagino e Carnielli

PROJETO APROVADO!
Além de pontepretano apaixonado, Mário é empresário e presidente do Conselho do Grêmio Osasco Audax. De pronto, ouviram dele palavras de aprovação e incentivo ao projeto.

“A arena, que é um sonho de todos os pontepretanos, está chegando”, disse Sérgio Carnielli.

“Essa arena coloca a Ponte Preta no patamar que o futebol mundial hoje exige, sair de uma posição quase que semi-profissional para uma condição hoje que projeta ela para o futuro”, afirmou Sebastião Arcanjo.

Mário Ponte Preta deu total apoio a Sérgio Carnielli e ao projeto da Arena
Mário Ponte Preta deu total apoio a Sérgio Carnielli e ao projeto da Arena

Torcedor pontepretano assíduo, Mário Ponte Preta completou a apresentação do projeto dizendo:

“Eu sinto muito orgulho de torcer para este time a minha vida inteira e fico muito satisfeito em ver um projeto maravilhoso como este que se implantando vai fazer a Ponte se tornar uma equipe bem mais poderosa". Ele também expressou seu respeito e admiração pelo Presidente de Honra da Ponte Preta: "Sem o Sérgio Carnielli, a Ponte não existiria mais".