Série B: Recém-contratados, Roger e Marquinhos lideram arrancada da Ponte Preta ao G4

Invicta em quatro jogos, dupla ex-Corinthians dispara produtividade ofensiva e pontos da Macaca

por Lucas Rossafa

Campinas, SP, 12 (AFI) - Após início irregular na Série B do Campeonato Brasileiro, com cobrança de parte da torcida pela demissão de Jorginho, a Ponte Preta arrancou nas últimas quatro rodadas, até chegar ao G4 antes da pausa para a Copa América.

Graças ao bom desempenho da Macaca, muito por conta de ajustes táticos do treinador, talentos individuais ganharam destaque em meio à força coletiva. São os casos de Marquinhos e Roger.

A dupla com passagem pelo Corinthians estreou na vitória em cima do Paraná, por 4 a 2, em 25 de maio, e conquistou a confiança da comissão técnica e torcedores.

Os números, inclusive, não mentem. Sem eles, o time de Campinas teve aproveitamento de 41,7% nos quatro primeiros jogos, com uma vitória, dois empates, uma derrota e apenas dois gols marcados, sendo um contra.

Com os dois em campo, todavia, Alvinegra está invicta, com três triunfos, uma igualdade, 83,3% de aproveitamento e incríveis dez gols marcados, sendo três dos mencionados.

Com Roger e Marquinhos em alta, Ponte Preta arranca rumo ao G4 - PontePress
Com Roger e Marquinhos em alta, Ponte Preta arranca rumo ao G4

ROGER

O centroavante foi a principal contratação campineira para a Série B. Com vencimentos considerados altos para o padrão orçamentário do clube, o atleta reduziu drasticamente sua pedida para retornar ao Moisés Lucarelli, local onde despontou para o futebol, no sonho do acesso - a chegada teve participação decisiva de Gustavo Bueno, executivo de futebol, cujo carinho é dividido entre as arquibancadas.

Logo na estreia frente o Paraná, Roger balançou as redes e liderou o time em campo no triunfo de virada - contribuiu com uma assistência contra o Londrina. Mais voluntarioso e participativo do que de costume, já tornou-se peça vital ao esquema tático pontepretano.

MARQUINHOS

Emprestado pelo Corinthians até o final da temporada, o meio-campista deixou de lado o período de inatividade para reeditar os bons momentos vividos nas categorias de base do clube paulista.

Válvula de escape importante pelas pontas, o jogador já balançou as redes duas vezes (Paraná e Londrina) e ajudou com um passe decisivo para gol (Cuiabá).