Chapecoense oferece atacante, mas Ponte Preta não deve assinar

O jovem Bruno Silva, de 19 anos, também foi oferecido para Criciúma e Coritiba, mas ainda não encontrou um clube a sequência do ano

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 06 (AFI) – Chapecoense e Ponte Preta vem fazendo negócios constantemente nas últimas temporadas, mas nem sempre as negociações chegam ao desfecho desejado pelas duas partes. Na última semana, a equipe catarinense ofereceu o atacante Bruno Silva para a Macaca, que optou por não assinar com o jogador.

O time paulista vai rever a situação na pausa para a Copa América, mas não deve concluir o negócio, analisando que ele não teria espaço no atual elenco.

Bruno Silva tem 19 anos, está em sua segunda temporada com a camisa da Chape e tem 54 jogos disputados e dois gols marcados. Esse ano, no entanto, ele perdeu espaço e só entrou em campo em oito ocasiões.

Fora dos planos do técnico Ney Franco, o jogador deve ser emprestado e, além da Ponte Preta, ele também foi oferico a outros clubes, como Coritiba e Criciúma.

Com a eminente negativa do time de Campinas, a Chapecoense deve seguir procurando um novo destino para que o jovem atacante ganhe mais experiência por empréstimo até ser reintegrado ao elenco.