Troféu do Interior: Técnico da Ponte Preta analisa classificação à decisão

“Nós fizemos uma partida muito consistente. No primeiro tempo, eu fiquei muito feliz com a atuação da equipe", disse Jorginho

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 08 (AFI) - A Ponte Preta está mais uma vez classificada à final do Troféu do Interior. Campeã de 2018 e dona de quatro títulos desde que o atua modelo começou a ser utilizado, a Macaca eliminou o Oeste ao fazer 2 a 0, em Campinas, no Majestoso, na noite deste domingo, e chegar aos 4 a 2 no placar agregado das semifinais.

“Nós fizemos uma partida muito consistente. No primeiro tempo, eu fiquei muito feliz com a atuação da equipe, conseguindo quebrar as linhas deles com facilidade e chegando tanto por dentro quanto por fora, começando de um lado e terminando do outro. O gol foi em um desses momentos com a inteligência do Júlio Cesar esperando a chega do Igor e fizemos um gol importante que abriu o caminho para essa vitória”, disse o técnico Jorginho.

O treinador alvinegro ainda comentou sobre a utilização de jovens da base da equipe campineira, como Abner, Matheus Alexandre, Lyncon, Juninho e, principalmente, o meia Vinicius Zanocelo, que vestiu a histórica camisa 10.

“São jogadores que nos serviram nesse momento e vão estar com a gente, já que são o futuro. Nós precisamos fazer com que esses jogadores cheguem bem e com condições de jogo no profissional. Essa passagem de etapa não é simples, muitos ficam pelo caminho, mas o Vinícius tem demonstrado uma maturidade incrível”, prosseguiu.

Jorginho - Foto: PontePress/ÁlvaroJr
Jorginho - Foto: PontePress/ÁlvaroJr
A Macaca aguarda a definição sobre o adversário na decisão para se planejar corretamente. Na partida de ida, o Red Bull Brasil venceu o Mirassol, no Maião, por 1 a 0 - assim, o Toro Loko avança com um simples empate na noite desta segunda-feira.

“É uma dor de cabeça boa o que fazer para o próximo jogo e de que forma a gente entra. Vou estar no estádio para acompanhar Red Bull e Mirassol e vamos ver qual equipe vai vencer para a gente se preparar para essa final. Vai ser a semana que vai dizer. Claro que a decisão é minha como treinador e da minha comissão técnica, mas é muito bom a gente conversar com os jogadores. Sabemos que não conseguimos amenizar totalmente a dor da torcida e a nossa com a perda da Copa do Brasil, mas não tenho dúvida que um título do Interior pode amenizar um pouco e é importante para iniciarmos bem o Brasileiro”, completou.