Ponte Preta garante que 'Chinelinho do Majestoso' trabalha 12 horas por dia

Com a recente eliminação na Copa do Brasil para a Aparecidense, ele foi um dos alvos da torcida durante o protesto

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 15 (AFI) – No dia da final do Troféu do Interior, a Ponte Preta aproveitou para dar ‘uma moral’ para um jogador que ainda não entrou em campo. Rafael Longuine, de 28 anos, veio emprestado do Santos já com uma lesão de grau um na coxa direita e até agora não conseguiu se recuperar. Com a recente eliminação na Copa do Brasil para a Aparecidense, ele foi um dos alvos da torcida durante o protesto, chamado de ‘Chinelinho do Majestoso’.

Ainda assim, a assessoria de imprensa da Ponte Preta garante que Longuine tem trabalhado “doze horas por dia” para voltar a ter condição de jogo. O período de trabalho parece exagerado, mas o clube garante que ele chega antes das 7h30 no Moisés Lucarelli e fica até às 18 horas em ‘atividades de recuperação’. De lá vai direto para o instituto Mood trabalhar com o médico Roberto Nishimura e só chega em casa 20 horas, onde faz mais alguns exercícios.

Ponte Preta garante que Rafael Longuine, o 'Chinelinho do Majestoso', trabalha 12 horas por dia
Ponte Preta garante que Rafael Longuine, o 'Chinelinho do Majestoso', trabalha 12 horas por dia
“Estou me sentindo bem, evoluindo e tomando muito cuidado em relação a tudo. Minha lesão não foi tão simples, mas estou progredindo muito bem. A semana passada foi a minha melhor semana e sigo neste esquema com muita dedicação, fazendo fortalecimento de manhã e de tarde e ainda um terceiro período no Mood e um pouco mais em casa. Enfim, estou fazendo tudo para voltar entrar em campo pela Ponte logo e já pude evoluir muito: agora é mais transição e ganhar força”, disse Longuine.

Fora da final o Troféu do Interior, Rafael Longuine só poderá refutar o apelido o ‘Chinelinho do Majestoso’, dado pelos torcedores do clube, quando estrear na Série B do Campeonato Brasileiro. O primeiro jogo na competição vai ser daqui duas semanas, no dia 29, segunda-feira, contra o Coritiba no estádio Couto Pereira.