Série B: Tiago Real pede união entre dirigentes da Ponte Preta na reta final

A Macaca vem passando por um momento delicado dentro e fora de campo

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 04 (AFI) - O racha na diretoria vem interferindo no desempenho da Ponte Preta dentro de campo. Pelo menos é o que deu a entender o meia Tiago Real em entrevista coletiva concedida nesta quinta-feira, onde pediu trégua aos dirigentes e também torcedores na reta final do Campeonato Brasileiro da Série B.

"Todo mundo precisa estar com o mesmo foco. A gente sabe, pelo que lê, que tem um conflito aí por parte da diretoria. A torcida sabe que está devendo um pouquinho também... Precisamos muito que eles fiquem do nosso lado na reta final. Nosso time é jovem, sentimos muito essa cobrança. É hora de remar para o mesmo lado", disse Tiago Real.

Há pouco mais de uma semana, o racha na diretoria ficou claro durante reunião do Conselho Deliberativo. O presidente de honra Sérgio Carnielli cobrou uma prestação de contas dos atuais dirigentes e revelou ter colocado dinheiro no início do ano, diferente do que vinha falando o presidente José Armando Abdalla.

O meia Tiago Real pediu união entre todos da Ponte Preta na reta final da Série B (Foto: Fábio Leoni/Ponte Press)
O meia Tiago Real pediu união entre todos da Ponte Preta na reta final da Série B (Foto: Fábio Leoni/Ponte Press)
O clima nos bastidores já não era dos melhores antes mesmo da reunião. Isso porque Carnielli ficou irritado por não ter sido consultado pelo atual presidente em relação a dispensa de João Brigatti e a contratação de Marcelo Chamusca, que não deu certo e foi demitido cinco partidas depois.

Em busca de um pouco de paz, a Ponte Preta recebe o CRB neste sábado, às 18h30, no Moisés Lucarelli, pela 30ª rodada da Série B. A Macaca não ganha há oito jogos e se encontra na 13ª colocação, com 37 pontos, a seis da zona de rebaixamento.

 
 
" />